• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Sexta-feira, 9 de abril de 2010, atualizada às 15h15

    Obras do novo hospital em Juiz de Fora começam na segunda-feira

    Clecius Campos
    Repórter

    Na próxima segunda-feira, 12 de abril, serão iniciadas as obras para a construção do hospital da Cooperativa de Saúde Linus Pauling. De acordo com o diretor-presidente da cooperativa, José Augusto Duarte Gaburri, os trabalhos iniciam-se com a demolição de rochas e a terraplanagem. "Em cerca de 15 dias as máquinas e os homens estarão a postos para levantar o prédio. Este será o maior hospital humanizado de Minas Gerais." A expectativa é de que os atendimentos comecem em três anos.

    O projeto prevê a criação de 200 leitos, sendo 50 apartamentos individuais, 50 de enfermaria com duas camas cada um e 50 apartamentos de observação de emergência. A humanização do ambiente é o grande objetivo da cooperativa. "O hospital humanizado torna a presença do paciente e do acompanhante mais leve. Em um ambiente agradável, fica mais fácil de lidar até com as doenças." Outra preocupação é criar um prédio ecologicamente perfeito. Para isso, o hospital vai contar com aproveitamento de água de chuva, energia solar, poço artesiano e estação de tratamento de esgoto e resíduos hospitalares.

    O hospital iniciará suas atividades com atendimento privado e conveniado. Assim que estiver operando, a cooperativa tem a intenção de discutir com a Prefeitura de Juiz de Fora a possibilidade de realizar consultas pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo Gaburri, a cooperativa finaliza a negociação com o Instituto do Coração (Incor) para que o hospital possa abrigar uma unidade em Juiz de Fora. O prédio será construído no final da avenida Rio Branco. O investimento calculado é de cerca de R$ 2 milhões, com recursos da própria cooperativa.

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.