Sexta-feira, 8 de outubro de 2010, atualizada às 18h13

Maternidade Terezinha de Jesus contrata 110 médicos para atenção primária

Clecius Campos
Repórter

O Hospital e Maternidade Terezinha de Jesus (HMTJ) abriu seleção para contratar 110 médicos para atuarem nas Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) da Prefeitura de Juiz de Fora. A entidade foi selecionada pelo Executivo para assumir e gerenciar a contratação dos profissionais que irão atuar em clínica geral. Segundo o HMTJ, o início é imediato.

Para se inscreverem, os interessados deverão comparecer ao setor de Recursos Humanos do HMTJ, na rua Doutor Dirceu de Andrade, 33, São Mateus. Os médicos selecionados trabalharão em conformidade com a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), com carga horária de 40 horas semanais, de segunda a sexta, das 7h às 11h e das 13h às 17h.

O Sindicato dos Médicos de Juiz de Fora alerta para que os profissionais que atualmente trabalham na Estratégia de Saúde da Família (ESF) — antigo Programa de Saúde da Família (PSF) — e estão tendo seus contratos rescindidos para posterior contratação temporária via Secretaria de Saúde não façam a opção pelo trabalho via HTMJ. "Essa é uma tentativa de privatizar o serviço público e há o risco de se repetir o caso AMAC [Associação Municipal de Apoio Comunitário]", afirma o presidente do sindicato, Gilson Salomão.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.