• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 4 de janeiro de 2011, atualizada às 16h10

    UAPS do Jóquei Clube II, Igrejinha e Humaitá vão passar por reformas

    Clecius Campos
    Repórter

    Três Unidades de Atenção Primária à Saúde (UAPS) localizadas na Zona Norte de Juiz de Fora passarão por obras de reforma. As UAPS que receberão as intervenções são a do Jóquei Clube II, a de Igrejinha e a de Humaitá. A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) pretende investir R$ 270 mil nas obras. De acordo com informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Saúde (SS), serão executados serviços de manutenção, como reformas em telhados, reparos na pintura, manutenção nas redes elétrica e hidráulica e possível polimento e troca de pisos. Adequações nos ambientes das UAPS não estão previstas, mas podem ser feitas conforme o desenrolar das obras e o orçamento disponível.

    Na UAPS do Jóquei II serão investidos R$ 113.855,68, com recursos do Programa Saúde em Casa, da Secretaria de Estado de Saúde (SES). O local não passa por intervenções há cinco anos. A reforma da UAPS de Igrejinha tem orçamento previsto de R$ 76.863,06, também a ser realizada com recursos do Programa Saúde em Casa. Já a UAPS de Humaitá passará por reformas avaliadas em R$ 79.656,36, com verba do Programa de Incentivo à Estratégia Saúde da Família (ESF), do governo federal, além de aporte do tesouro municipal.

    As obras ainda não têm previsão para começar. O início das intervenções depende da definição da empresa habilitada para executar o trabalho e da emissão da ordem de serviço, a cargo da Secretaria de Obras (SO). A licitação da obra da UAPS do Jóquei Clube II ocorre no dia 26 de janeiro, enquanto os processos de intervenções em Igrejinha e em Humaitá terão início no dia 27.

    A presidente do Conselho Regional de Saúde da Zona Norte, Leila Ribeiro, acredita que as manutenções são necessárias, mas afirma haver outras unidades que necessitam de ampliações e reestruturações. "Dar uma arrumadinha não costuma resolver os problemas. A demanda cresce e as necessidades são grandes." Leila aponta três outras UAPS, também na Zona Norte, que precisam de mais que reformas. "A UAPS da Barreira [do Triunfo] é precária. Aquele bairro precisa de uma unidade nova. A UAPS do São Judas Tadeu requer reforma e ampliação, pois já não atende à demanda. O mesmo ocorre com a UAPS do bairro Industrial, uma das primeiras na lista das que mais necessitam de grandes reformas."

    Leila lamenta a escolha por intervenções menores. "O Executivo ouve pouco o conselho e a necessidade do usuário. Temos uma reunião com a Secretaria de Saúde, para ficar a par de como andam os projetos para a saúde da Zona Norte. Temos prioridades." O encontro deve ocorrer no início de fevereiro.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.