• Assinantes
  • Saúde
    Terça-feira, 1 de fevereiro de 2011, atualizada às 18h07

    Concurso para agentes de endemias efetivos está parado há mais de três meses

    Clecius Campos
    Repórter

    Há mais de três meses os candidatos ao concurso público municipal para contratar dez agentes de combate a endemias efetivos aguardam pela divulgação da lista de classificados para a próxima fase. O Edital 045/2010 foi lançado em 14 de abril de 2010, e sua primeira fase, com provas de língua portuguesa, matemática e conhecimentos específicos, ocorreu no dia 17 de outubro de 2010. Desde aquela data, a única movimentação vista no site do concurso foi a publicação do gabarito da primeira etapa, em 19 de outubro. Mais de 90 dias depois, candidatos mostram indignação com a demora na divulgação do resultado.

    "A primeira prova foi no dia 17 de outubro e até hoje não saiu a classificação. Ainda temos a segunda e a terceira etapas para fazer. Esse concurso tem que ser concluído", reivindica um candidato que preferiu não ser identificado. De acordo com o edital, a data da segunda etapa será divulgada junto com a publicação do resultado da primeira fase. A falta de uma definição incomoda outro candidato. "Tinha que haver uma definição, que, pelo menos, fosse dada a classificação e marcada a prova de redação. É ruim a gente se preparar para fazer um concurso e depois ficar sem informação nenhuma."

    De acordo com a assessoria de comunicação da Secretaria de Administração e Recursos Humanos (SARH), o resultado da primeira etapa do Edital 045/2010 ainda não foi divulgado, pois o certame passa por análise de recursos contra o gabarito. Não há expectativa de quando a lista de classificados será divulgada.

    PJF contrata 66 temporários

    Enquanto o concurso segue indefinido, a Prefeitura de Juiz de Fora contratou 66 agentes de endemias, que já passam por treinamento a cargo da Secretaria de Saúde (SS). Os agentes integram a lista de aprovados na seleção simplificada para contratação temporária, iniciada em 19 de janeiro de 2010. A informação revolta os candidatos. "A Prefeitura nunca fez um concurso para agente de endemias. Todos são contratados. Já que a ordem da legislação federal é fazer concurso para preenchimento de cargos públicos, não tem porque ficar contratando temporários."

    O outro candidato acredita que a contratação temporária pode beneficiar agentes que por ventura estejam participando do concurso e sejam convocados temporariamente. "Esses candidatos poderão apresentar essa experiência na prova de títulos e sairão na frente. Parece que esse concurso é uma enrolação", desabafa. A contratação temporária dos agentes de endemias ficou autorizada após o Executivo decretar situação de emergência para a questão da dengue em Juiz de Fora.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.