Terça-feira, 17 de maio de 2011, atualizada às 17h30

Cuidados simples ajudam a evitar doenças que surgem com as quedas bruscas de temperatura

Jorge Júnior
Repórter
doenca_respiratoria

Com as quedas bruscas de temperatura, os casos de doenças ligadas ao sistema respiratório aumentam. Segundo o médico pneumologista Marcos Thadeu, as infecções mais comuns são asma, sinusite, amigdalite, bronquite podendo chegar até a uma pneumonia. "As infecções virais diminuem a imunidade das pessoas o que acaba provocando resfriado ou até mesmo gripe", alerta.

A maioria dessas doenças pode ser evitada com cuidados muito simples. De acordo com Thadeu, vale lembrar que essas doenças podem atingir pessoas de qualquer sexo e idade. "Essas infecções incomodam e podem causar um desconforto ao longo prazo."

Para evitar esses problemas, Thadeu alerta que a pessoa deve procurar um especialista e nunca se medicar por conta própria. Outra medida de prevenção é que o cidadão tenha uma boa alimentação, beba muita água e se agasalhe conforme o tempo. "Por vaidade, algumas pessoas não se vestem adequadamente nesta época do ano o que acaba acarretando os problemas de saúde." Segundo o médico, a vacinação antigripal também é importante.

Para os mais sensíveis, os cuidados com as roupas de cama e os agasalhos também são essenciais, porque o cheiro de mofo pode desencadear uma crise respiratória. "É aconselhável lavar as roupas de cama e os agasalhos que estão guardados há mais tempo." Outra dica do especialista é colocar os agasalhos no sol e também substituir os cobertores por edredons.

Dentro de casa, Thadeu explica que o espanador deve ser trocado pelo aspirador de pó. "Espanador só tira a poeira do lugar, o ideal é usar uma pano úmido para limpar o chão e um semi-úmido para os móveis", aconselha. A aspiração de tapete também deve ser constante. Para os que possuem animal de estimação, o correto é manter a higiene dos bichos e não deixá-los em cima da cama.

Sobre o ar condicionado o especialista afirma que, quando é realizada a manutenção do equipamento não há problemas à saúde, mas se os filtros não estiverem limpos, pode acarretar algum problema. Outro fator importante é que as pessoas devem evitar o choque térmico. "Após o banho não é bom sair no vento, pois pode causar uma paralisia facial",diz.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.