Terça-feira, 3 de julho de 2012, atualizada às 18h44

Trabalhadores da saúde em greve fecham avenida Juiz de Fora por 40 minutos

Jorge Júnior
Repórter
saude

Funcionários do sistema de saúde do Hospital Regional João Penido fecharam a avenida Juiz de Fora, no bairro Grama, via de acesso à cidade, na manhã desta terça-feira, 3 de julho, como forma de protesto.

De acordo com o delegado sindical do Sindicato Único dos Trabalhadores de Minas (Sind-Saúde/MG) em Juiz de Fora, Valtecir Oliveira, a manifestação começou por volta das 9h e reteve o trânsito na via por cerca de 40 minutos, para mostrar à população o motivo da greve, que foi deflagrada no último dia 14. A manifestação contou com cerca de 40 profissionais, entre enfermeiros, fonoaudiólogos, psicólogos e fisioterapeutas. "Os trabalhadores estavam saindo do plantão e participaram do ato com apitos e faixas."

Oliveira diz que na cidade, a paralisação atinge o Hospital Regional João Penido e o Hemominas. As duas unidades seguem funcionando com escala mínima, mantendo 30% do quadro de trabalhadores em atividade, conforme prevê a legislação. Ainda segundo o delegado, a categoria está tentando negociar com o Governo, mas, até o momento, as conversas não avançaram. Nesta quarta-feira, 4, ocorre uma mesa de negociação com o Governo em Belo Horizonte, e logo em seguida, ocorre uma assembleia, onde será apresentada a proposta. "Vamos avaliar se aceitamos ou não."

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.