Quarta-feira, 29 de agosto de 2012, atualizada às 11h20

Em assembleia, médicos municipais decidem pela continuação das mobilizações em JF

Lorranna Medeiros
*Colaboração
Manifestação Sindicato dos Médicos

Na noite da última terça-feira, 28 de agosto, os médicos municipais reuniram-se em nova assembleia para discutirem suas reivindicações. O encontro teve o objetivo de manter a mobilização de todos os segmentos da saúde de Juiz de Fora, a fim de tornar a luta mais consistente."Nós ganhamos apoio de outras classes da saúde, que estão abraçando a nossa causa. Vamos continuar com as nossas mobilizações, enquanto for necessário", afirma o secretário-geral do Sindicato dos Médicos, Geraldo Sette.

Além disso, Sette diz que os profissionais agregaram o Sistema Único de Saúde (SUS) de qualidade como a principal causa da manifestação. "Apesar disso, continuamos lutando pela melhoria nas condições de atendimento público e a reestruturação da carreira."

Ainda segundo o secretário, o fim da precarização dos serviços de saúde por meio de abertura de concursos públicos, a elevação do vencimento básico, que hoje é R$ 1.471, e a falta de plantonistas ainda continuam na pauta. No evento, também foi discutida a participação dos trabalhadores no debate eleitoral que ocorre no dia 12 de setembro, às 19h, na Câmara, entre os candidatos à Prefeitura da cidade, onde será discutido o tema da saúde. A próxima reunião está marcada para o dia 2 de outubro, terça-feira, no Conselho Municipal de Saúde.

*Lorranna Medeiros é estudante do 7º período de Jornalismo do CES

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.