• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Sexta-feira, 4 de janeiro de 2013, atualizada às 12h30

    Primeiro Liraa de 2013 será realizado a partir da próxima segunda em 202 bairros

    Da Redação
    Mosquito da dengue

    O primeiro Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (Liraa) de 2013 em Juiz de Fora terá início na próxima segunda-feira, 7 de janeiro, e, caso as chuvas não atrapalhem o andamento dos trabalhos, prossegue até a sexta-feira, 11. De acordo com informações do Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental (DVEA), serão vistoriados 5.584 imóveis que compõem 878 quarteirões em 202 bairros da cidade, entre 8h e 12h e das 14h às 18h.

    Em Juiz de Fora, o levantamento abrange diferentes bairros, simultaneamente. Ao todo, estarão envolvidos na ação 135 agentes de Combate a Endemias (ACE) e todas as fases do trabalho vão contar com a supervisão de técnicos da Superintendência Regional de Saúde (SRS).

    Para as ações, o município é subdividido em estratos, sendo que cada um é composto por um conjunto de bairros. Segundo a subsecretária de Vigilância em Saúde, Glênia Maria de Magalhães Campos, é necessário haver o apoio da população para um resultado efetivo da ação. "É importante que as pessoas sejam receptivas com os agentes, que estarão devidamente uniformizados. Qualquer dúvida, poderá ser feito contato com o Ponto de Apoio da Dengue, pelo telefone [32] 3690-7290", orienta, por meio de sua assessoria.

    Análise

    Após encontrados os focos do mosquito transmissor da dengue, estes são coletados e levados ao Laboratório de Entomologia do DVEA da Secretaria de Saúde (SS) para análise. A pesquisa leva em conta larvas e pupas do mosquito. Segundo dados consolidados de levantamentos realizados anteriormente pela Secretaria, 80% dos focos do mosquito encontram-se no interior das residências.

    De acordo com a assessoria da SS, o resultado do Liraa será determinante para nortear ações estratégicas para os trabalhos em campo, além da assistência a ser prestada à população em 2013. O levantamento vai permitir um prognóstico da cidade, criando perspectivas com relação à manifestação da doença. Além disso, vai contextualizar Juiz de Fora no cenário de Minas Gerais, levando em conta avaliações que acontecem simultaneamente em outros municípios.

    Os textos são revisados por Juliana França

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.