• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde

    Blogueira juiz-forana dá dicas de como emagrecer de forma saudável

    Alimentação correta e a prática de atividade física são as melhores formas de perder peso

    Cintia Charlene
    *Colaboração
    27/07/2013
    cris

    "Emagreci 14 quilos em três meses, cortando tudo. Perder peso assim é fácil, o problema é permanecer", revela a publicitária e blogueira, Cristiane Fonseca, que luta contra a balança para chegar ao peso ideal. Natural do Rio de Janeiro, Cristiane, de 32 anos, mora em Juiz de Fora há 17. Ela conta que já fez inúmeras dietas para tentar emagrecer. Cansada disso, a blogueira diz que tudo começou a mudar quando ela conheceu o livro Pense magro, que ensinava que para se chegar ao objetivo desejado era preciso concentração e foco.

    A partir dessa experiência, a publicitária criou o blog rumoao70, uma espécie de diário virtual que revela suas experiências diárias para chegar à meta. Em entrevista ao Portal ACESSA.com, Cristiane comenta como tem sido essa experiência. "O blog está me mostrando que é possível mudar, e não é ruim. A pessoa tem que querer mudar, tem que querer emagrecer. Às vezes eu tenho vontade de carregar a pessoa no colo, e falar com ela, vamos você consegue emagrecer. Só que demora. Mas, agora a decisão é eterna, eu posso até desanimar, mas o que não posso é desistir", afirma.

    ACESSA.com - Quando surgiu a ideia de cria o blog ?

    Cristiane Fonseca - O blog foi criado em 14 de dezembro de 2012. Eu comprei o livro no dia 2 de dezembro de 2012, quando estava voltando do campeonato de natação que participei, mas ao me pesar verifiquei que estava com 99 quilos. Neste momento, pensei que não podia continuar com esse peso. Daí comprei o livro Pense Magro, e já comecei a mudar o meu pensamento. Com o tempo me condicionei a isso. Nesse dia, eu disse a mim mesma que iria começar a emagrecer. Daí, logo comecei a ler o livro e a mudar algumas coisas na minha rotina. No dia 14 de dezembro, fui a uma consulta e o médico me pesou. Eu estava com 96 quilos. Então, eu vi que em 15 dias eu tinha perdido três quilos, o que foi muito legal.

    Após isso, conversando com uma amiga, resolvi criar o blog, para contar tudo, já que estava dando certo. Além disso, queria estimular as pessoas a fazerem o mesmo.Então comecei a usar a ferramenta como um diário virtual, para relatar exatamente o que estava comendo, sendo coisa saudável ou não. Não omito nada e acaba sendo um incentivador, porque às vezes eu fico desanimada. Mas, quando lembro que tenho um blog e que existem as pessoas que me acompanham, logo mudo de ideia. As pessoas estão me vendo como incentivadora, como inspiradora, então eu devo isso a elas. Além de publicar minhas dicas de alimentação, comecei a publicar relatos de pessoas que emagreceram de forma saudável. Isso é o foco do blog.

    ACESSA.com - Porque rumo ao 70?

    Cristiane Fonseca -Comecei a pesquisar vários nomes na internet, e tudo que eu pensava já existia. Então, veio a ideia de rumo ao 70, gramaticalmente não ficou correto. Mas, como é uma ideia, e agora virou uma marca, permaneci com o nome. O 70 é porque em 2009 eu cheguei a 72 quilos e fiquei com um bom peso. Eu fiz uma dieta mirabolante, cortei doce, pão, massa, tudo. E esses 13 quilos que perdi não foi de maneira saudável, pelo contrário, não mudei a rotina só fiz um regime, uma dieta de moda. E aí como eu não tinha mudado o hábito, acabei engordando tudo de novo e acomodei.

    ACESSA.com - Como foi essa transição para uma alimentação saudável?

    Cristiane Fonseca - Em 2011, tive o acompanhamento mensal com uma nutricionista, ela ia à minha casa para tirar as medidas, só que eu não levei a sério, porque naquela época estava sem foco. Mas, eu sei o que eu tenho que comer. Eu procuro ler muito, e me informar para postar no blog. A semente de chia, por exemplo, conheci quando fui a uma loja de produtos naturais e uma funcionária me indicou. Experimentei e vi que funcionava. Por causa do blog tenho experimentando muitas coisas. Em dezembro, quando eu criei o blog, antes de ir ao médico, comecei a me sentir muito mal. Fui a vários especialistas e ninguém descobria o que eu tinha. Daí, percebi que estava assim por causa da dieta mirabolante, depois que mudei a alimentação melhorei. Hoje, depois disso tudo, sei exatamente o que me faz mal. Tanto que tem seis meses que aderir a essa nova dieta. Até o momento perdi só oito quilos, o que é relativamente pouco. Mas, não to abrindo mão de nada. Como de tudo, mais de maneira moderada. Hoje procuro comer coisas mais saudáveis.

    ACESSA.com - Você faz algum acompanhamento médico?

    Cristiane Fonseca - Não. O único médico que frequento é o ortopedista, por conta do joelho, já que tenho desgaste na patela. Eu sinto falta, mas já estou planejando de começar uma orientação com uma nutricionista. Uma coisa que eu estou aprendendo com essa dieta é dizer não para as coisas do cotidiano. Teve um dia que fui a um bar, mas ao invés de pedir uma cerveja, ou um suco, comprei água. Desde quando iniciei às atividades no blog, ainda não fui ao médico para fazer um acompanhamento, mesmo sabendo que é isso não é apropriado. Mas, já marquei uma consulta e em breve estarei sendo acompanhada por um profissional.

    ACESSA.com - Quando você percebeu que a atividade física seria um aliada?

    Cristiane Fonseca - Eu frequentava algumas academias, malhava, mais pagava e não ia. Daí uma proprietária de uma academia viu meu blog e me chamou para conversar, me oferecendo ajuda para atingir minha meta. Ela me explicou que a academia dela era diferente, que lá não tinha espelho e que as atividades eram realizadas por meio de um circuito. A partir desse momento, conheci o lugar, gostei e logo iniciei os exercícios. Treinei no local e perdi medida, mas não perdi peso. Malhei três meses de graça. Com isso, percebi como era importante aliar uma alimentação saudável à prática de atividade física. Voltei para natação e espero que isso me motive a ir para a academia. Antes, eu não gostava, porque fazia tudo errado, não tinha ninguém para me olhar, eu cansava e ia embora. Eu fiz três meses com um personal e emagreci bem, mas gastava muito.

    ACESSA.com - No blog você tem alguns parceiros que te apoiam, como surgiram essas parcerias?

    Cristiane Fonseca - Quando essa empresária me ligou oferecendo ajuda, percebi nisso uma oportunidade de divulgar meu trabalho. Eu não sabia como isso ia ser, então pedia a ela que me enviasse a logo da academia para divulgar no blog, e assim foi dando certo. Depois eu contratei um designer para criar a arte do site, e mandei fazer alguns cartões. Aonde eu ia eu divulgava o blog, o que me ajudou muito. Eu sou tímida, e o blog tem me ajudado nisso também. A empresa que eu trabalho promoveu um evento com várias atividade físicas, eu participei de todas. Aonde eu vou falo do blog e entrego um cartão, com isso as parcerias vão surgindo.

    ACESSA.com - Você começou a realizar alguns eventos pelo blog. Como foi isso?

    Cristiane Fonseca - No início do blog, criei alguns eventos ligados à atividade física, com piquenique com alimentos saudáveis. O primeiro foi no Parque da Lajinha. As pessoas faziam uma caminhada leve e depois lanchávamos. O segundo foi no Museu Mariano Procópio, lá foram mais pessoas, como gente do meu trabalho, meus pais e alguns amigos. Escolhi esses lugares porque eles terem sido reformados, além de serem bonitos. Tenhos novos planos para voltar com essa iniciativa.

    ACESSA.com - Como é o apoio por parte da família?

    Cristiane Fonseca - Eles me apoiam. Meu namorado, por exemplo, opta por comprar coisa integral. Ele sempre descobre alguma coisa diferente e me fala. Uma vez, ele descobriu um macarrão integral. Mas, às vezes ele compra um doce no final de semana, por exemplo. Daí eu peço para ele levar para casa dele porque se ficar lá eu vou comer. Minha irmã mais nova acompanha pouco, mas meus pais sempre leem.

    ACESSA.com -  Como resistir à tentação?

    Cristiane Fonseca - É muito difícil. No final de semana eu comi um docinho, então eu tento compensar em outras coisas. Às vezes eu faço gelatina, então quando dá vontade de comer um doce, eu lembro que tem gelatina. Também evito comprar coisas que me façam sair da dieta.

    ACESSA.com - E como é contato com as pessoas?

    Cristiane Fonseca - Eu tenho controle dos acessos do blog, e por dia eu recebo mais de 50 visualizações. Várias pessoas e muitas blogueiras me seguem. Sempre quando tem uma postagem nova divulgo no Facebook. As pessoas ficam interessadas. Muitas me adicionam, dizem que por causa do blog começaram a fazer atividade física. É muito legal, porque esse é o objetivo, tornar as pessoas mais saudáveis. Sempre me pedem dicas de alimentação, de qual esporte deve participar, daí eu procuro me informar e saber qual a necessidade da pessoa. O maior contato tem sido pelo Facebook, muitas pessoas ficam sabendo do blog e me adicionam. As redes sociais têm sido uma ferramenta importante para divulgar meu trabalho.

    ACESSA.com - Em relação ao livro, qual lição você tira?

    Cristiane Fonseca - Muitas, o livro mudou minha vida, ele foi minha salvação. A obra lhe ensina a pensar diferente. Ele é chamado de dieta definitiva de Beck, porque não é uma dieta que você corta ou exclui alimentos. É definitiva porque você muda a maneira de olhar a comida. Quem está a acima do peso, vê a comida como um prêmio porque está cansado, você está com TPM, e usa essa desculpa para comer um chocolate. Só que isso é mentira, você não merece isso. Você aprende a não se sabotar, e as pessoas precisam saber disso. Eu emprestei esse livro para muitas pessoas, porém ainda nem acabei de ler, por que  vi que era tão bom que eu queria que todo mundo lesse.

    ACESSA.com - Qual a dica que você dá para quem tem um objetivo a ser cumprido?

    Cristiane Fonseca- Independente do objetivo, você não pode desistir. Tem uma frase que li uma vez que diz "você pode inventar a desculpa mais linda do mundo para justificar uma coisa que você fez. Mas, será sempre uma desculpa. Vai ser sempre um fracasso". Isso quer dizer que você desistiu e que inventou uma desculpa, assim você não vai conseguir chegar ao seu objetivo. Então, tem que ter foco, não é só porque você comeu um chocolate que você tem que desistir. Você tem que ter meta e compensar isso em uma atividade física. Três coisas que você precisa ter para chegar ao seu objetivo: foco, esforço e determinação, com isso você vence qualquer barreira.


    cirs antes cris hoje

    *Cintia Charlene é estudante do 7º período de Comunicação Social da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.