• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Quarta-feira, 9 de setembro de 2015, atualizada às 09h34

    Campanhas de vacinação infantil terminam na sexta-feira

    Termina nesta sexta-feira, 11 de setembro, as campanhas de Multivacinação e contra a poliomielite. Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde (SS), 24.830 crianças de até cinco anos já foram imunizadas na cidade. O valor corresponde a 91,32% da população-alvo. A meta é vacinar 95%.

     A Multivacinação, além de evitar o surgimento de doenças imunopreviníveis, garante a atualização do cartão vacinal do público infantil. Pais e responsáveis que ainda não levaram seus filhos para se vacinarem devem comparecer entre 8h e 16h nos postos, localizados nas unidades de Atenção Primária à Saúde (Uaps), no Departamento da Criança e do Adolescente (DSCA), na rua São Sebastião, 772/776, e na Sala de Imunização, que funciona no terceiro andar do Posto de Atendimento Médico (PAM) Marechal.

    HPV

    A campanha de vacinação contra o Papilomavírus humano (HPV) também está sendo intensificada, segundo a SS. Ela é voltada para meninas na faixa etária de 9 a 11 anos e a meta é vacinar 8.564 pré-adolescentes, sendo que, até o momento, foram vacinadas 7.617 pessoas, o que corresponde a 71,15% da meta. Mulheres de até 26 anos portadoras do vírus da Aids também podem se vacinar.

    Para quem só recebeu a primeira dose, a recomendação é retornar à unidade de saúde próxima de suas residências para a segunda fase da imunização, garantindo a continuidade ao esquema vacinal. As doses da vacina contra o HPV estão disponíveis nas Unidades de Atenção Primária a Saúde (Uaps) nos bairros, no Posto de Atendimento Médico do (Pam) Marechal, 3° andar, localizado na rua Marechal Deodoro, 480, Centro, e no Departamento da Criança e do Adolescente (DSCA), na rua São Sebastião, 772/776, no Centro. As mulheres soropositivas também podem recorrer ao Serviço de Atenção Especializada (SAE), munidas do cartão de vacina, para serem imunizadas.

    O esquema de vacinação adotado pelo Ministério da Saúde (MS), chamado de "estendido", é composto por três doses. Além de ser recomendado pela Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS), o método é utilizado no Canadá, México, na Colômbia e Suíça.

    A imunização contra o HPV é o início de todos os cuidados a serem tomados para evitar a doença. As doses não substituem o exame preventivo, também chamado de "papanicolau", que deve ser realizado por mulheres na faixa etária entre 25 a 64 anos, ao menos uma vez por ano.

    Com informações da PJF.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.