• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 31 de outubro de 2017, atualizada às 9h2

    Juiz de Fora tem Liraa de 0,7%

    Da redação

    O último Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (Liraa) - referente ao mês de outubro - foi de 0,7%, considerado satisfatório, segundo parâmetros do Ministério da Saúde. Este é o mais baixo percentual de outubro dos últimos três anos. Em 2015, foi 2,5%, e em 2016, 1,6%. O levantamento foi realizado nos 208 bairros da cidade e envolveu 155 servidores, entre os dias 16 e 20, quando 5.593 imóveis receberam as visitas dos agentes.

    A Zona Norte continua sendo a região com maior índice de infestação, seguida de Leste e Sul. Os bairros que apresentam maior quantidade de focos positivos são Alto Santo Antônio, Bairu, Filgueiras, Grama, Santa Cruz, Santos Dumont e São Mateus, com dois focos cada. O levantamento apontou, ainda, que 88% dos focos estão dentro de estabelecimentos privados, como casas e espaços comerciais.

    De acordo com a gerente do Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde(SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), Michele Freitas, alguns fatores contribuíram para este número: o longo período de estiagem pelo qual a cidade passou nos últimos meses, além do trabalho das equipes de Vigilância em Saúde, que permanecem nas ruas durante todo o ano, com ações não só de verificação das casas, mas de monitoramento de áreas estratégicas e planos de emergência.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.