Segunda-feira, 15 de janeiro de 2018, atualizada às 16h34

Morte por febre amarela é confirmada em três macacos encontrados em Juiz de Fora

Da redação

O resultado laboratorial de três amostras de macacos encontrados mortos em Juiz de Fora confirmaram a febre amarela como causa da morte dos primatas. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 15 de janeiro, pela Secretaria de Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), através do boletim que será enviado à imprensa todos os dias, informando sobre números e ações da PJF no bloqueio e proteção da população contra a doença. Os casos positivos são dos animais encontrados no bairro Previdenciários - em 2017, do Museu Mariano Procópio - dia 3 de janeiro, e de Palmital - 8 de janeiro.

Por este motivo, a pasta informa que o Museu Mariano Procópio permanecerá fechado por 60 dias, até início de março, quando o Departamento de Vigilância Epidemiológica fará nova avaliação. Não há necessidade de ações extras devido aos trabalhos de controle já executados nos locais imediatamente após o registro das mortes.

Conforme a Secretaria, o Departamento de Vigilância Epidemiológica da Subsecretaria de Vigilância em Saúde vem atuando no monitoramento da febre amarela e antecipando os protocolos de ações preventivas, buscando o bloqueio da cidade e a proteção de sua população, desde o final de outubro de 2017, quando intensificou suas ações, momento em que novos casos de epizootias começaram a surgir.

A pasta reforça que a cobertura vacinal é a forma mais efetiva de proteção, portanto, "é fundamental que a aqueles que nunca tomaram nenhuma dose da vacina procurem os postos de vacinação para se imunizarem".

Postos extras

Desde o dia 4 de janeiro até o último sábado, 13, cinco postos extras foram montados para vacinação contra a febre amarela e atingiram um público de 2.675 pessoas, com idades entre 9 meses e 59 anos. Quatro deles funcionaram durante a semana: Centro Cultural Dnar Rocha (Bairro Mariano Procópio), pátios dos Supermercados Bahamas (Bairro Manoel Honório) e Bretas (Bairro Santa Terezinha) e da Igreja Quadrangular (Bairro Democratas), nos quais foram imunizadas 2.191 pessoas. Já no sábado, 484 pessoas procuram o Espaço Cidadão no Centro da cidade para tomar a vacina.

A cobertura vacinal para a febre amarela no município está estimada em 89,85%.

Outras ações

Além de intensificar a vacinação, desde o dia 4 de janeiro, a Secretaria de Saúde diz que também vem adotando bloqueios nas áreas urbanas onde macacos foram encontrados mortos, antecipando as ações previstas em casos de amostras positivas para febre amarela e seguindo as orientações definidas em protocolo da Secretaria de Estado de Saúde (SES) e do Ministério da Saúde. "A aplicação de inseticida já foi realizada nos bairros Mariano Procópio, Previdenciários e Vitorino Braga, além da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)". Na área rural, a Subsecretaria de Vigilância em Saúde já havia intensificado as ações de bloqueio e busca ativa de vacinação em novembro e dezembro de 2017 nas 14 regiões.

Nove macacos mortos

Este ano, até essa segunda-feira, 15, foram encontrados 9 macacos mortos: dois no Museu Mariano Procópio (sendo um atropelado), um no Bairro Vitorino Braga, um no Distrito de Rosário de Minas, um em Palmital, um na UFJF (também atropelado), um no Bairro Retiro e dois no Bairro Linhares, uma mãe e um filhote. Foram enviadas 6 amostras para análise junto a Fundação “Ezequiel Dias” (Funed), em Belo Horizonte. As demais foram descartadas devido ao estado avançado de decomposição em que os animais foram encontrados.

Local Data Resultado
UFJF 31/10/17 Não reagente
Nova Era 13/11/17 Animal descartado
Nova Era 13/11/17 Não detectável
Aeroporto 16/11/17 Não detectável
Francisco Bernardino 16/11/17 Em investigação
Graminha 06/12/17 Não processado
Graminha 06/12/17 Não detectável
Bom Pastor 07/12/17 Não reagente
Previdenciários 13/12/17 Positivo
Museu Mariano Procópio 03/01/18 Positivo
Vitorino Braga 06/01/18 Animal descartado
Palmital 08/01/18 Positivo
Rosário de Minas 08/01/18 Animal descartado
UFJF 10/01/18 Em investigação
Museu Mariano Procópio 11/01/18 Em investigação
Retiro, estrada Caeté 12/01/18 Em investigação
Linhares 15/01/18 Em investigação
Linhares 15/01/18 Em investigação

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.