• Assinantes
  • Autenticação
  • Saúde
    Terça-feira, 28 de abril de 2020, atualizada às 14h36

    SES-MG registra 89 casos prováveis de dengue em Juiz de Fora

    Da redação

    A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) divulgou nesta terça-feira, 28 de abril, que Juiz de Fora soma 89 casos prováveis de dengue, conforme boletim epidemiológico. Cinco dos casos da doença eram com sinais de alarme. O levantamento apresenta dados das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, que são dengue, chikungunya e zika. A cidade está com baixa incidência, sendo que nas últimas quatro semana foram registrados total de 12 casos prováveis de dengue e um de chikungunya.

    Mesmo com primeiro Levantamento do Índice Rápido do Aedes aegypti (LIRAa) de 2020, apontando índice de infestação de 3,6, considerado estado de alerta pelo Ministério da Saúde (classificação entre 1 e 3,9), até o momento, o município não teve crescimento significativo de casos prováveris de dengue. O LIRAa foi feito em janeiro. Além da dengue, a cidade contabiliza total de 10 casos prováveis de chikungunya.  

    Minas Gerais

    Em Minas Gerais, até o momento, foram registrados 56.031 casos prováveis (suspeito + confirmado) prováveis de dengue. Cinco óbitos em decorrência da doença foram registrados nos municípios de Alfenas, Medina, Guaxupé, Itinga e Carneirinho. Há, ainda, 26 óbitos em investigação. Em relação à Febre Chikungunya, até o momento, foram 944 casos prováveis. Há um óbito em investigação no município de Campo Belo. Já em relação à Zika, foram registrados 317 casos prováveis, sendo 34 em gestantes.

    Avaliando a incidência acumulada de casos prováveis de dengue durante este ano, verifica-se 128 municípios com incidência Muito Alta, 53 municípios com Alta incidência, 147 municípios com Média incidência, 342 municípios com Baixa incidência e 183 municípios sem registro de casos prováveis.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Publicitário

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.