Sexta-feira, 15 de maio de 2020, atualizada às 12h30

Ministro da Saúde, Nelson Teich, pede demissão do cargo

Da redação

No início da tarde desta sexta-feira, 15 de maio, o ministro da Saúde, Nelson Teich, pediu demissão do cargo. Teich é o segundo ministro do governo Bolsonaro a assumir a pasta.

Segundo fontes próximas ao governo, o motivo da saída de Teich do ministério teriam sido divergências dele com o presidente Jair Bolsonaro sobre o uso da cloroquina para pacientes contaminados pelo coronavírus e a flexibilização de medidas de isolamentos social. O secretário executivo, general Eduardo Pazuello, assume interinamente.

De acordo com a assessoria de comunicação do Planalto, haverá uma coletiva de imprensa ainda na tarde desta sexta-feira para mais detalhes sobre a saída de Teich da pasta.

Quando empossado, Teich prometeu não fazer mudanças radicais na política adotada durante a gestão de Mandetta, disse que tomaria decisões com base em critérios técnicos e que haveria um alinhamento completo entre ele e o presidente da República.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.