Quarta-feira, 17 de junho de 2020, atualizada às 9h40

Especialistas defendem o uso da dexametasona contra Covid-19

Da redação

O pneumologista e professor, Júlio Abreu comenta, neste vídeo, sobre um estudo publicado nesta terça-feira, 16 de junho. Segundo ele, pesquisadores britânicos afirmam que encontraram a primeira droga que, comprovadamente, reduz a incidência de mortes pela Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

De acordo com cientistas da Universidade de Oxford, "houve redução de um terço das mortes em pacientes que precisavam de tratamento com oxigênio e receberam o corticoide dexametasona. A droga, que tem efeito anti-inflamatório, é de baixo custo, e o Ministério da Saúde do Reino Unido confirmou que vai inclui-lo no tratamento da covid-19.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) considerou nesta quarta-feira, 17, que a utilização do dexametasona é um avanço científico na luta contra a pandemia de covid-19.






Ver essa foto no Instagram

Neste vídeo, o @profjulioabreu explica sobre o uso da dexametasona no tratamento de pacientes com formas graves da Covid-19. O estudo da Oxford foi publicado nessa terça-feira, 16 de junho. #jf #juizdefora #dexametasona #covid_19 #coronavirusjf

Uma publicação compartilhada por Acessa.com (@acessa.com_) em

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.