Juiz de Fora não registra novas mortes por Covid-19

PJF inicia vacinação em idosos de 88 e 89 anos

da Redação - 22/02/2021

Juiz de Fora não registrou novas mortes por Covid-19, segundo o Boletim Municipal do último sábado, 20 de fevereiro, e, com isso, a cidade permanece com 790 óbitos pela doença desde o início da pandemia.

Além disso, também foram divulgados mais cinco casos confirmados e agora o município tem 19.398 notificações positivas.

Segundo o Painel Gerencial da Prefeitura, a cidade tem 264 pessoas internadas em unidades privadas e públicas no município, sendo que 161 ocupam leitos em enfermarias e 103 estão em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A taxa de UTI do Sistema Único de Saúde (SUS) é de 71,43% e na rede privada chega a 58,54%.

A partir desta segunda-feira, dia 22, idosos com idades de 88 e 89 anos começam a ser imunizados contra o coronavírus na cidade. A vacinação deste grupo ocorre em sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e no Departamento de Saúde do Idoso (DSI). O horário de funcionamento nas unidades é das 8h às 16h, sem interrupções; às quintas, o funcionamento para vacinação nas unidades básicas de saúde é até as 14h, pois os servidores realizam atividades internas nesse dia da semana.

Pré-cadastramento para vacinação. Quem deve fazer?

Idosos de 88 e 89 anos ou mais e os profissionais de saúde a partir dos 60 anos que estejam na ativa devem realizar o pré-cadastro disponível no site da Prefeitura de Juiz de Fora. A vacinação dos profissionais da saúde de 60 anos ou mais se encerra na sexta-feira, 26.

O que precisa levar?

Idosos de 88 e 89 anos ou mais:

Os idosos devem apresentar (original e cópia) da identidade com foto e do comprovante de residência do cidadão ou cidadã a ser vacinado. Caso o comprovante não esteja em nome do idoso, será necessário apresentar uma declaração por escrito do titular da residência, declarando que a pessoa com mais de 90 anos (nonagenário) reside no local.

Profissionais de saúde em atividade com 60 anos ou mais:

Todos os profissionais de saúde deverão apresentar documento (original e cópia) da carteira de registro do Conselho de Classe e também um documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde.

Pontos importantes:

Somente serão vacinados os profissionais de saúde ativos constantes no pré-cadastro realizado junto à Subsecretaria de Vigilância em Saúde da Prefeitura de Juiz de Fora. O pré-cadastramento deve ser realizado por meio do formulário disponível no site da PJF.

A veracidade e autenticidade das informações apresentadas para o credenciamento é de responsabilidade do profissional de saúde e está sob as penas estipuladas no Art. 299 do Código Penal Brasileiro.

Onde ocorre a vacinação?

A vacinação desses grupos acontece no Departamento de Saúde do Idoso e em sete Unidades Básicas de Saúde (UBSs) da cidade.

Qual o horário de funcionamento nos postos de vacinação?

Segunda, terça, quarta e sexta-feira: 8h às 16h.
Quinta-feira: 8h às 14h.

Confira os endereços das UBS para vacinação:

UBS Benfica: Rua Guararapes, 106.
UBS Nossa Senhora das Graças: Rua Queluz 72.
UBS Nossa Senhora Aparecida: Rua Nossa Senhora Aparecida, nº 775.
UBS Vila Ideal: Avenida Francisco Valadares, nº 1910.
UBS Santa Luzia: Rua Torreões, s/nº.
UBS São Pedro: Rua João Lourenço Kelmer, nº 1433.
UBS Borboleta: Rua Tenente Paulo Maria Delage 297.

Aplicação da segunda dose

Nesta semana, as equipes de imunização estão realizando, além da vacinação dos idosos de 88 anos ou mais e dos profissionais da saúde ativos de 60 anos ou mais, a aplicação da segunda dose nos profissionais e trabalhadores da saúde já imunizados com a primeira dose. A segunda dose precisa ser ministrada no intervalo entre 14 e 28 dias. O reforço da vacina é fundamental para garantir a imunidade.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.