Dois mil estudantes voltam às aulas em semestre suplementar na UFJF

A UFJF está preparando a volta às aulas com segurança para toda a comunidade acadêmica

da Redação - 05/10/2021

Nesta segunda-feira, 4, teve início o segundo semestre suplementar no campus-base da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). No campus avançado de Governador Valadares, as aulas desta modalidade de ensino iniciam-se no dia 18 deste mês.

A previsão é que 2.082 estudantes de sete cursos do campus Juiz de Fora voltem às aulas presenciais a partir desta segunda, enquanto 2.015 alunos matriculados em quatro cursos de Governador Valadares retomem as atividades acadêmicas no dia 18.

A Resolução nº 51/2021 do Conselho Superior (Consu) aprovou, em formato híbrido, o uso desse recurso para sete cursos do campus-base (Enfermagem; Farmácia; Fisioterapia; Medicina; Odontologia; Jornalismo; e Rádio, TV e Internet) e outros quatro de GV (Farmácia; Medicina; Nutrição; e Odontologia).

Semestre suplementar

O semestre suplementar permite resgatar componentes curriculares não oferecidos no Ensino Remoto Emergencial (ERE), como as disciplinas práticas dos cursos da área de saúde e comunicação. Esses cursos não tinham condições de prosseguir abrindo novas turmas, sem a reposição.

Por isso, o semestre suplementar segue um calendário próprio e sua duração é de até dez semanas. Seus respectivos alunos cursarão o segundo semestre letivo de 2021 em outro momento posterior.

Calendários acadêmicos distintos

Com a retomada gradual das atividades presenciais de ensino, pela primeira vez a volta às aulas na Universidade será marcada por dois calendários acadêmicos diferentes. Além do semestre suplementar 2, será realizado, de maneira simultânea, o segundo semestre de 2021, em formato híbrido, a ser iniciado em 18 de outubro, mesclando Ensino Remoto Emergencial e atividades presenciais.

Protocolos de biossegurança

A UFJF está preparando a volta às aulas com segurança para toda a comunidade acadêmica. As restrições sanitárias impostas pela pandemia de Covid-19 – pertinentes às atividades de professores, técnicos, estudantes, trabalhadores terceirizados e qualquer pessoa que tenha acesso ao campus – serão embasadas nos Protocolos de Biossegurança da UFJF, elaborados pela Comissão de Infraestrutura e Saúde (CIS) e aprovados em agosto de 2020, pelo Conselho Superior (Consu).

A Instituição também conta com a plataforma de monitoramento Busco Saúde. Todos os membros da comunidade acadêmica em atividades presenciais devem se registrar no sistema e relatar a ocorrência de sintomas ou contato com casos confirmados de Covid-19.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.