Vacinação contra Covid-19 retorna na quarta-feira

Pessoas com de 12 anos ou mais que por qualquer motivo não tenham recebido a dose inaugural podem ser vacinadas

da Redação - 09/10/2021

A campanha de imunização contra a Covid-19, realizada pela Secretaria de Saúde (SS) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), é retomada após o feriado com novo ponto de imunização regular. Trata-se do Pam Marechal, que passa a disponibilizar para diversos públicos vacinas contra a Covid-19 de segunda a sexta-feira, das 12h30 às 18h. As 10 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; outras 36 UBSs, das 8h às 11h; e o Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 8h às 11h e das 13h às 16h, seguem realizando a aplicação de vacinas.  

Pessoas com de 12 anos ou mais que por qualquer motivo não tenham recebido a dose inaugural podem ser vacinadas, e as segundas doses de AstraZeneca, Coronavac e Pfizer vão estar disponíveis, bem como as doses de reforço. A lista com todos os endereços e horários de funcionamento dos locais de vacinação destinado a cada um dos públicos pode ser vista no fim do texto.

Segundas doses

AstraZeneca - Todos aqueles que deveriam ter tomado a segunda dose da AstraZeneca no dia 28, 29 de setembro ou em data anterior podem procurar o Pam Marechal, das 12h30 às 18h; alguma das 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; ou uma das outras 36 UBSs, das 8h às 11h.

Coronavac - A aplicação de D2 do imunizante Coronavac segue a data descrita no cartão de vacina. Na quarta, recebem a D2 todos aqueles com retorno agendado para o dia 13 de outubro ou data anterior, no Pam Marechal, das 12h30 às 18h; e nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e nas demais 36 UBSs, das 8h às 11h.

Pfizer - Quem recebeu a primeira dose da Pfizer até o dia 16 de agosto, pode procurar um dos postos de imunização para receber a segunda. Isso ocorre devido à mudança recente no aprazamento (o intervalo entre uma dose e outra), definido pelo Ministério da Saúde (MS), de 12 para oito semanas. O Pam Marechal, das 12h30 às 18h; 36 UBSs, de 8h às 11h; 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e o DSI, das 8h às 11 e das 13h às 16h, disponibilizam a D2 desse imunizante nesta sexta.

Doses de reforço

As doses de reforço destinadas aos idosos de 60 anos ou mais que receberam a segunda dose até o dia 15 de abril e aos trabalhadores da saúde de 58 anos ou mais que receberam a segunda dose contra a Covid-19 há pelo menos seis meses são aplicadas no Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 8h às 11h e das 13h às 16h; nas 36 UBSs de 8h às 11h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e no Pam Marechal, das 12h30 às 18h. Os imunossuprimidos, que receberam a segunda dose há pelo menos 28 dias, também podem receber a dose de reforço. Este público pode ser vacinado no Pam Marechal, das 12h30 às 18h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h, e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.



Documentação necessária

A Secretaria de Saúde pede para as pessoas que vão receber a primeira dose apresentarem originais e cópias de documento de identificação com foto - como documento de identidade (RG) ou carteira de motorista, e o CPF, caso o número do mesmo não conste na identidade, além do comprovante de residência, que ficará retido no local de vacinação. Caso o comprovante de residência não esteja no nome de quem vai ser vacinado, é necessário apresentar cópia do comprovante, do documento de identidade da pessoa que tem o nome no comprovante de residência e, ainda, a declaração. Também reforçamos a necessidade de levar o formulário impresso, cujo modelo está disponível no site da PJF

As demais pessoas que vão receber a D2 ou os idosos que vão receber a dose de reforço precisam apresentar apenas o cartão de vacina e um documento de identificação com foto, enquanto os imunossuprimidos, além destes documentos, para receber a dose de reforço devem apresentar um laudo ou atestado médico datado de, no máximo, 12 meses, comprovando a condição. Este público pode receber a dose de reforço a partir de 28 dias após a segunda dose.

Os trabalhadores de saúde de 58 anos ou mais para receber a dose de reforço devem apresentar um documento (não é necessário levar cópia) da carteira de registro do Conselho de Classe e também um documento que comprove a vinculação ativa do trabalhador com serviço de saúde ou apresentação de declaração emitida pelo serviço de saúde. Como forma de obter a informação na sua totalidade, lembramos da importância da atualização regular do CNES, que possui entre as finalidades cadastrar e atualizar as informações sobre profissionais. Manter os dados no CNES atualizados é de responsabilidade do estabelecimento de saúde e do profissional. Ressaltamos que a veracidade e autenticidade das informações apresentadas para o recebimento da dose de reforço é de inteira responsabilidade do trabalhador, sob as penas do art. 299 do Código Penal Brasileiro.

A vacinação será realizada de acordo com a disponibilidades de doses no município e em todos os locais de vacinação. Os profissionais autônomos devem estar em atividade presencial comprovada por declaração própria. Para os cuidadores de idosos, a comprovação é via registro em MEI ou carteira de trabalho assinada para esta função.

Confira o calendário da quarta-feira, dia 13 de outubro

Todas as pessoas com 12 anos ou mais
Pam Marechal, das 12h30 às 18h; em 36 UBSs de 8h às 11h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Vacinação de reforço para idosos com 60 anos ou mais que receberam a segunda dose em 15 de abril ou antes
Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 8h às 11h e das 13h às 16h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; em 36 UBSs, das 8h às 11h; e Pam Marechal, das 12h30 às 18h.

Vacinação de reforço para trabalhadores da saúde com 58 anos ou mais que receberam a segunda dose há pelo menos seis meses
Departamento de Saúde do Idoso (DSI), das 8h às 11h e das 13h às 16h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; em 36 UBSs, das 8h às 11h; e Pam Marechal, das 12h30 às 18h.

Vacinação de reforço para imunossuprimidos que receberam a segunda dose há pelo menos 28 dias
Pam Marechal, das 12h30 às 18h; nas 10 UBSs referência; das 8h às 11h e das 13h às 16h; e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Segundas doses de AstraZeneca para pessoas que deveriam receber a vacina até o dia 29 de setembro
Pam Marechal, das 12h30 às 18h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e em outras 36 UBSs, das 8h às 11h; e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Segundas doses de Coronavac para pessoas com retorno no cartão no dia 13 de outubro ou data anterior
Pam Marechal, das 12h30 às 18h; e nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Segundas doses de Pfizer para todos que receberam a primeira dose até o dia 16 de agosto
Pam Marechal, das 12h30 às 18h; 36 UBSs de 8h às 11h; nas 10 UBSs referência, das 8h às 11h e das 13h às 16h; e no DSI, das 8h às 11h e das 13h às 16h.

Endereços dos locais de vacinação

Departamento de Saúde do Idoso (DSI) das 8h às 11h e das 13h às 16h
Rua Batista de Oliveira, 943, Granbery

Pam Marechal 12h30 às 18h
R. Mal. Deodoro, 496, Centro

10 UBSs referência que vacinam de 8h às 11h e das 13h às 16h
UBS Bairro Nossa Senhora de Lourdes, Rua Inácio Gama, 813;
UBS Benfica, Rua Guararapes, 106;
UBS Nossa Senhora Aparecida, Rua Nossa Senhora Aparecida, 775;
UBS Santa Luzia, Rua Torreões, s/nº
UBS São Pedro, Rua João Lourenço Kelmer, 1.433;
UBS Vila Ideal, Avenida Francisco Valadares, 1.910
UBS Milho Branco, Rua Nicolau Schuery, s/nº
UBS Progresso, Rua Jorge Knopp, nº 119
UBS Santa Cecília, Rua Gabriel Rodrigues, nº 900
UBS Bandeirantes, Rua Laurindo Nocelli, nº 100

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.