Glúten: 7 coisas que você precisa saber sobre ele

As doenças associadas ao glúten não são modismo e devem ser tratadas de forma adequada

por Anna Karla Coimbra - 18/10/2021

Tão famoso e tão polêmico, o glúten vem sendo cada vez mais citado no nosso dia a dia.  Tem sido cada vez mais comum encontrar produtos  "glúten free" nos mercados, e a exclusão desse nutriente vêm sendo associada a um estilo de vida e alimentação mais saudáveis. Mas, essa associação está correta? Vamos esclarecer algumas questões sobre o glúten:   

1. O que é glúten? É um composto proteico, presente em alguns cereais. Essa proteína é responsável por proporcionar a textura e o sabor característico de pães e massas em geral.

2. Glúten engorda? Não, assim como nenhum outro alimento isolado é capaz de fazer uma pessoa engordar.

3. Eliminar o glúten ajuda a emagrecer?  MITO. O que normalmente acontece é que excluindo alimentos fonte de glúten, você acaba diminuindo drasticamente seu consumo de produtos industrializados, ricos em gordura e açúcar (pães, bolos, pizza, macarrão, fast food no geral), e por esse motivo você pode emagrecer. 

4. Quais são as doenças associadas ao Glúten? 1. Doença celíaca, que é uma resposta imunológica intensa ao glúten, quando este entra em contato com o intestino ; 2. Sensibilidade ao glúten não-celíaca, que é a intolerância ao glúten; 3. Alergia ao trigo.

5. Quais as fontes de glúten: Trigo, centeio e cevada. Resumindo: pães, bolachas, cerveja, bolos, salgadinhos e pizzas. Retirar o glúten da dieta vai muito além  de excluir  os alimentos  tradicionais, como os citados acima. O trigo, pode se esconder em muitos alimentos industrializados, como produtos  congelados, molhos prontos, suplementos alimentares, alguns medicamentos, sorvetes, entre outros.

6. Como substituir o glúten: Farinhas sem glúten (aveia, arroz, milho, amêndoas, amendoim, fécula de batata, amido de milho) são liberadas. Frutas, legumes, carnes, leite e ovos não contém glúten, logo, desfrute tranquilamente da alimentação básica. Habitue-se a ler os ingredientes nos rótulos e confira a informação “contém glúten” ou “não contém glúten”. A ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), tornou obrigatória tal informação em todos os produtos industrializados. 

7.  Alimentos livres de glúten são mais saudáveis? Não. Precisamos analisar o alimento como um todo para avaliar se ele é saudável, por exemplo, existem alguns produtos sem glúten cheios de aditivos prejudiciais a saúde, enquanto um pão integral com glúten, fabricado sem tais aditivos, pode ser muito saudável.  O ideal é que o alimento seja minimamente processado, quanto mais natural, mais saudável, trocar uma pizza com glúten por uma sem glúten não vai te tornar mais saudável.

As doenças associadas ao glúten não são modismo e devem ser tratadas de forma adequada, em caso de suspeita  procure um médico especialista.  Procure o nutricionista para te auxiliar nas substituições necessárias adequadas para a sua saúde.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.