Ana Stuart Ana Stuart 8/4/2010

Crianças Índigo

mãos de criança pintadas de diversas coresÍndigo é uma planta indiana que deu origem ao blue jeans, portanto a cor é azul mais escuro vivo.

Vários estudos tem sido feitos a respeito das crianças nascidas a partir dos anos 70, pelo fato destas apresentarem personalidade muito forte.

Inclusive muitas delas são diagnosticadas como portadoras do TDA (transtorno do déficit de atenção) ou TDAH (transtorno do Déficit de atenção com hiperatividade).

A educação mais rígida sempre levou a criança a abaixar a cabeça e engolir seus sentimentos e questionamentos, mas observou-se que estas crianças nunca abaixavam a cabeça, sempre muito questionadoras, indagadoras ao extremo.

Sempre querendo saber o porquê de tudo, colocando os adultos perplexos e sem saber como agir.

Lee Carroll e Jan Tober estudiosos da metafísica em seu livro Crianças índigo fazem várias observações muito interessantes a respeito.

Divaldo Pereira em palestras também menciona estudos metapsíquicos a respeito destas crianças tão especiais.

Embora se mal canalizado todo este potencial esta criança poderá vir a ser um adolescente problema, principalmente pelo fato de serem atiradas e pouco medrosas.

O não para eles é pouco aceito, caso não haja uma explicação coerente.

Destroem os brinquedos não por agressividade apenas mas para conhecer o funcionamento e pela pouca idade não sabem montar novamente, mas não assuste se conseguir.

O perigo é não sabermos lidar e rotular. Mas outro perigo também é não colocar limite por achá-los especiais demais transformando-os em pequenos tiranos.

Seu senso crítico e moral vai além do nosso. Observou-se que jovens juristas veem enfrentando e vencendo causas com muita propriedade nos últimos tempos.

Na área de saúde e nas artes estão se destacando pelos estudos e desenvolvimento.

Na computação estão ensinando os adultos simplesmente como autodidatas.

É preciso estimulá-los com leituras e desafios, pois adoram se destacar, e são altamente competitivos.

Porém quando o destaque é negativo certamente o ambiente em que vivem está disfuncional e necessitando de uma reavaliação.

É preciso também muito cuidado na hora de educar, evitando gritos e xingamentos, pois além de não funcionar desequilibra todo o ambiente.

A superioridade moral e intelectual destas crianças índigo nos fascina e nos assusta.

Divaldo cita também as Crianças Cristal, cuja energia que transmitem é clara e suave.

São meigas, serenas e bastante pacientes.

Por serem crianças que não reclamam costumam adoecer em silêncio, exigem constante observação e diálogo.

Serão excelentes pesquisadores, cientistas e ótimos nas relações internacionais, devido ao perfil psicológico.

Portanto se a psicologia e a metafísica andarem juntas daremos passos largos

Em prol do entendimento humano.



Ana Stuart
é psicóloga e terapeuta familiar

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.