• Assinantes
  • Saúde

    Água para beber Inodora, incolor e insípida a água é a maior fonte de hidratação para o corpo humano. Saiba a importância de se consumí-la sempre

    Marinella Souza
    *Colaboração
    26/12/07

    O verão finalmente chegou e as altas temperaturas pedem roupas frescas, alimentação saudável e muita, muita água. Mas nem todo mundo está convencido da vital importância da água para o organismo humano e acaba não ingerindo a quantidade suficiente para o bom funcionamento dos órgãos.

    A médica, Tatyana Moraes Villela, explica que a água é fundamental para manter o corpo em equilíbrio em dia de altas temperaturas. "Como a temperatura ambiente é maior que a temperatura corporal, o organismo produz a transpiração para se equilibrar. E a transpiração gasta os líquidos corporais, se a pessoa não repõe isso, vai apresentar um quadro de desidratação", alerta.

    Tatyana ressalta que, caso a pessoa tenha dificuldades em relação à água, pode optar por outros líquidos, mas adverte: "refrigerante não vale". Segundo a médica, embora saborosos e refrescantes, os refrigerantes não hidratam de maneira adequada.

    "Existem inúmeras opções de sucos de fruta e chás que são igualmente saborosos e refrescantes e ainda hidratam adequadamente", diz. As frutas são outras opções para promover um acréscimo de água no organismo de uma forma mais gostosa, mas a médica afirma que a água é a melhor fonte de hidratação do organismo.

    As frutas são importantes não só para a hidratação mas para o organismo como um todo porque são ricas em vitaminas e sais minerais, elementos fundamentais para todo o funcionamento do organismo. "Mesmo com todas essas opções, a água in natura continua sendo muito importante para o organismo. É fundamental que se intercale copos d'água com sucos e chás", explica.

    Na medida exata

    Tatyana explica que não adianta tomar copos e copos de água e achar que está fazendo bem ao organismo, pois o efeito pode ser contrário. "É preciso lembrar que tudo em excesso faz mal. O organismo precisa estar equilibrado para funcionar corretamente e qualquer excesso, provoca um desequilíbrio"

    Foto da médica Tatyana Segundo a médica, o ideal são dois litros de líquido por dia, o que corresponde a cerca de oito copos. "Se a pessoa ingerir seis copos de água e mais uns dois de outro líquido, garante o bom funcionamento do corpo. Mas se não tiver jeito, se a pessoa não conseguir mesmo beber água, aumenta a quantidade dos outros líquidos, mas o ideal é que se tome pelo menos uns dois ou três copos d'água", alerta.

    A médica explica que, além de evitar a desidratação, uma quantidade adequada de água garante o bom funcionamento do rim. "A água faz com que o rim trabalhe com menor quantidade de substâncias nocivas, tudo fica mais diluído", ensina.

    Alternativas perigosas

    Além dos refrigerantes, outras bebidas típicas do verão merecem atenção especial. Trata-se da cerveja e dos isotônicos. "Essas bebidas não estão incluídas no rol das alternativas para fugir da água in natura porque possuem elementos em excesso e provocam alterações no corpo humano", diz a médica.

    Segundo Tatyana, a cerveja desidrata. "Todo mundo que bebe sabe que depois de alguns goles, aumentam as idas ao banheiro", brinca. Isso se deve a dois fatores que alteram a filtração dos rins. "O volume de líquido aumenta muito e o rim não consegue filtrar tudo. Além disso, a cerveja provoca um bloqueio hormonal, que faz com que a eliminação de líquidos aumente significativamente", explica.

    A médica pondera que o ideal, nesse caso, é utilizar o bom senso. "Não adianta achar que está correto por estar tomando cerveja porque não está. Tem que equilibrar a cerveja com a ingestão de líquidos saudáveis. Não existe uma fórmula, o indivíduo tem que ficar atento".

    Os isotônicos apresentam uma dinâmica diferente. Por serem ricos em sais minerais, devem ficar reservados para quem pratica atividades físicas regularmente. "Os exercícios, eliminam os sais minerais, os isotônicos repõem. Se o indivíduo sedentário ingerir esse tipo de líquido em excesso vai sobrecarregar o rim". Para garantir a hidratação e a excelência da função renal ao longo do ano e, em especial, no verão, o ideal é abusar de frutas, sucos, chás e, principalmente da água.

    *Marinella Souza é estudante de Comunicação Social da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.