Cresce a procura por clareamento dental no ver?o Juizforanos apostam em sorriso mais branco para elevar autoestima e melhorar o visual

Patr?cia Rossini
*Colabora??o
Madalena Fernandes
Revis?o
14/01/2009

O clareamento dental ? uma das interven?es est?ticas mais procuradas pelas pessoas vaidosas e tamb?m ? uma op??o para aquelas que buscam melhorar a autoestima. Dentes brancos e bonitos s?o, por conven??o social, sin?nimos de beleza e status, al?m de poderem garantir um aspecto mais jovem.

"A maioria dos pacientes decide fazer o clareamento por vaidade, e n?s percebemos que, com o sorriso mais branco, a pessoa geralmente fica mais confiante e aberta", garante o cirurgi?o-dentista Gustavo Cruz (foto abaixo).

M?todo

Os interessados no tratamento podem optar por duas modalidades: clareamento com laser (LED), feito no consult?rio, ou clareamento caseiro supervisionado. A principal diferen?a entre os dois ? o tempo de dura??o. "No tratamento feito em consult?rio, o paciente costuma fazer tr?s sess?es de 30 minutos cada. Nesse caso, como a percep??o da melhora ? imediata, o efeito psicol?gico ? maior. No clareamento caseiro, cujo tratamento leva entre duas e tr?s semanas, o paciente vai se acostumando com a melhora gradual, n?o tem tanto impacto", explica Gustavo.

Com laser, o per?odo chamado de cr?tico ? menor. Nele n?o ? permitido o consumo de subst?ncias corantes, como caf?, tabaco e refrigerantes. J? no caseiro, a pessoa precisa ficar atenta ?s restri?es alimentares durante todo o procedimento.

Dr. Gustavo Cruz Outra diferen?a ? em rela??o aos efeitos colaterais. A sensibilidade nos dentes, uma das principais reclama?es dos pacientes, costuma ser maior no clareamento com laser, principalmente ap?s as sess?es. No caso da op??o caseira, algumas pessoas apresentam sensibilidade nas gengivas e a ingest?o do produto usado pode provocar gastrite ou ter efeito laxativo (nas subst?ncias ? base de glicerina) . "Cada paciente precisa ser avaliado individualmente pelo dentista, pois tanto o tempo de dura??o quanto o m?todo ideal variam em cada pessoa", afirma o dentista.

O agente clareador utilizado no tratamento a laser ? o per?xido de hidrog?nio, na concentra??o de 35%. J? no clareamento caseiro, uma das subst?ncias utilizadas ? o per?xido de carbamida, e a concentra??o varia de acordo com o paciente e o resultado buscado. Uma boa resposta aos agentes clareadores garante a durabilidade do resultado externo.

O pre?o dos dois procedimentos ? semelhante: cada procedimento custa cerca de R$ 350**. Uma t?cnica utilizada atualmente mistura os dois tratamentos para melhorar o resultado. Nesse caso, o pre?o gira em torno dos R$ 500**.

Foto do aparelho para clareamento dental Foto do produto para clareamento dental
Vil?es do sorriso

O sorriso mais branco pode durar entre tr?s e cinco anos e, mesmo depois desse prazo, ? comum que os dentes permane?am mais claros do que eram antes do tratamento. O que mais prejudica o resultado ? o consumo de subst?ncias corantes, principalmente as mais escuras, como o vinho tinto, caf?, refrigerantes de cola e massa de tomate. Segundo Gustavo, o maior vil?o ? o cigarro. "Al?m de o tabaco ser uma subst?ncia com corante muito forte, o fato de o consumo acontecer durante todo o dia interfere muito na cor dos dentes. As outras subst?ncias, como o vinho tinto e o caf?, s?o consumidas menos vezes ao dia e, por isso, prejudicam menos do que o cigarro".

R?mulo Corr?a? o caso do produtor R?mulo Corr?a(foto ao lado), de 23 anos, que fez o clareamento caseiro h? um ano e meio. "Decidi fazer clareamento por vaidade, achei que seria uma forma de melhorar o meu sorriso", afirma. Por?m, o consumo de refrigerantes, caf? e tabaco prejudicou o resultado, e um novo tratamento est? nos planos do produtor. "J? estou pensando em fazer de novo e como tenho o molde ? mais f?cil. Basta comprar o produto".

Apesar de ser um procedimento relativamente simples, somente cirurgi?es-dentistas est?o credenciados a faz?-lo. "Sabemos de casos em que o paciente faz clareamento com um prot?tico dent?rio ou outro profissional e acaba piorando a situa??o. Algumas manchas, por exemplo, podem at? piorar com o clareamento sem supervis?o de um dentista. Al?m disso, pode acontecer o enfraquecimento dos dentes", alerta o dentista.

Outro problema ? a satura??o dos dentes em pacientes que abusam do clareamento. Para n?o correr esse risco, procure sempre o acompanhamento de um cirurgi?o-dentista.

Milagres de prateleira

Atualmente, as farm?cias e supermercados contam com uma gama variada de produtos que prometem o branqueamento dos dentes. Das pastas de dente aos enxaguantes bucais, todos apresentam a mesma promessa: dentes brancos sem esfor?o.

De acordo com Gustavo Cruz, a efic?cia desses produtos ? pequena. "Quase n?o ? poss?vel perceber a diferen?a, pois, para a venda ser segura, a quantidade de agentes clareadores ? m?nima. Al?m disso, alguns produtos contam com subst?ncias abrasivas, que desgastam os dentes".

** Pre?os pesquisados em janeiro de 2009.

* Patr?cia Rossini ? estudante de Comunica??o Social da UFJF