• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos

    Quarta-feira, 28 de novembro de 2007, atualizada às 10h15

    Consumidor deve tomar cuidados com os picos de luz, mas caso tenha seus eletrodomésticos queimados podem procurar empresa de energia


    Renata Solano
    *Colaboração

    "O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação de serviços, bem como por informações insuficientes ou inadequadas sobre sua fruição e riscos", é o que está escrito no Código de Defesa do Consumidor (CDC).

    Por isso, o técnico de energia da Cemig/JF, Marcelo Esch, alerta que é preciso que população tome cuidado sobre o uso da rede elétrica. "As casas que são construídas hoje, precisam ter o dispositivo protetor de surto, o que ameniza os problemas causados pelas quedas e picos de energia. Além do mais, é preciso que todos fiquem informados sobre o assunto o que evita problemas para o consumidor e para as empresas", orienta.

    Mas, para pedir reparação de danos à empresa fornecedora de energia elétrica - a Cemig - é preciso que o consumidor comprove a causa do defeito no produto, por isso, é aconselhado que leve a uma assistência técnica para que seja feita a análise do produto.

    Segundo a advogada do Procon/JF, Cláudia Lazzarini, a medida prevista no CDC, através dos artigos 14 e 20 é importante porque defende o direito do consumidor pois exige que as prestadoras de serviço ofereçam qualidade e segurança.

    "O mais importante é que o consumidor tenha cuidados dentro de casa, se estiver chovendo e relampejando, é preciso tirar os aparelhos eletrônicos da tomada, principalmente, computadores e é papel do consumidor fazer freqüentemente a manutenção da rede interna de energia. Mas, se comprovar através de laudos, preferencialmente de mais de uma assistência técnica, que o defeito no produto foi causado pelos picos de energia a responsabilidade de reparar os danos é, de fato, da Cemig", afirma Cláudia.

    Fonte: Procon/JF

    *Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.