• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos

    Segunda-feira, 30 de março de 2009, atualizada às 13h

    Pesquisa e atenção evitam transtornos na hora de comprar produtos típicos de Páscoa


    Patrícia Rossini
    * Colaboração

    No período que antecede a Páscoa, peixes e chocolates estão entre os mais procurados pelo consumidor. Diante da grande oferta, é necessário ter cautela na hora de escolher o que levar para casa. Segundo o Procon/JF, o descuido pode trazer surpresas desagradáveis para o comprador.

    "Nas ruas, as pessoas encontram muitas opções e acabam tendo dúvidas, principalmente, diante de promoções. A venda de ovos de chocolate quebrados, por exemplo, gera muitos questionamentos entre os consumidores", afirma a conciliadora do Procon, Rita Rotondo.

    As bancas promocionais devem apresentar informações ao consumidor sobre as condições do produto. "O ovo de chocolate quebrado tem o preço mais baixo e é próprio para o consumo. No entanto, a pessoa que opta por esses produtos deve estar ciente de que o fabricante não tem o dever de trocar a mercadoria", esclarece a conciliadora.

    De olho na mercadoria

    De acordo com Rita, o primeiro passo é observar o estado de conservação dos produtos. No caso do chocolate, a dica é procurar danos ou sinais de violação na embalagem. É recomendado também verificar se o armazenamento é em local arejado e longe de produtos de limpeza ou de odor forte. Outro item importante é o peso dos ovos de Páscoa, já que a numeração também pode ser diferente, dependendo da marca.

    No caso dos peixes, a atenção deve ser redobrada em relação à refrigeração, embalagem, condições de higiene e armazenamento. "A aparência diz muito sobre o estado de conservação do peixe fresco. É preciso checar se os olhos estão brilhantes e se as guelras estão avermelhadas, o que indica se o peixe é realmente fresco", orienta Rita. Se o peixe for congelado, verifique se a temperatura é inferior a 18° negativos.

    Variação de preços

    No mercado, há ovos de chocolate e guloseimas temáticas de variados tipos e tamanhos. Para comprar bem, é preciso pesquisar, já que os produtos típicos apresentam grande variação de preço nas lojas.

    Rita dá um conselho: quem quer economizar deve deixar as crianças em casa na hora de ir às compras. "Os ovos chamam atenção pelas cores da embalagem e pelo tamanho, por isso, fica difícil controlar os impulsos da meninada e escolher um produto na medida do bolso."

    Entre os ovos direcionados ao público infantil, é comum a substituição dos bombons do recheio por brindes surpresa. Nessa situação, a recomendação do Procon é conferir a indicação de faixa etária e o selo de aprovação do Inmetro na embalagem.

    Quem tem dúvidas ou reclamações deve procurar o Procon, que fica na avenida Independência, 992. O telefone é 3690-8439.

    * Patrícia Rossini é estudante de Comunicação Social da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.