• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos
    Terça-feira, 20 de agosto de 2013, atualizada às 15h

    Anvisa proíbe distribuição de lote do ketchup Heinz

    Tomato Ketchup

    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu a distribuição e a comercialização, em todo o território nacional, do lote 2K04 do produto Tomato Ketchup, da marca Heinz, com prazo de validade até janeiro de 2014. A decisão, publicada na edição desta terça-feira, 20 de agosto, do Diário Oficial da União. A apreensão ocorreu por terem sido encontrados fragmentos de pelo de roedor no produto.

    De acordo com o documento, para determinar a proibição, a Anvisa considerou, entre outros documentos, o Laudo de Análise Fiscal emitido pelo Instituto Adolfo Lutz de Santo André (SP), cujo resultado foi insatisfatório por detectar os fragmentos na amostra analisada.

    A Resolução também levou em conta o comunicado do Centro de Vigilância Sanitária de São Paulo que suspendeu a comercialização no estado, determinou a interdição das unidades o que forem encontradas e o recolhimento pela empresa Coniexpress S/A Indústrias Alimentícios, que é a importadora do lote do produto.

    Em resposta à Agência Brasil, a Heinz Brasil informou que o lote com numeração 2K04, importado do México em 2012, já não está em circulação no mercado e que a companhia "está em total colaboração com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária para identificar alguma suposta desconformidade nesse lote específico".

    A nota ressalta, ainda, que todos os produtos da marca são "fabricados com o mais alto padrão de qualidade, seguem as normas sanitárias internacionais e passam por rigorosos controles de produção e qualidade, atestados pela fiscalização dos órgãos competentes".

    Com informações da Agência Brasil

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.