• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos
    Quarta-feira, 20 de novembro de 2013, atualizada às 16h12

    Procon orienta consumidores para as compras de Natal

    Procon

    O Natal, período de maior movimentação comercial do ano se aproxima, e o Procon de Juiz de Fora já se movimenta para alertar os consumidores em vários aspectos relativos às compras. "O consumidor deve ficar atento e analisar preços, taxas, juros e demais condições. Deve fazer, sempre, a opção pelo pagamento à vista. Se for comprar a prazo, deve buscar taxas reduzidas e parcelas sem acréscimos, evitando a utilização do cartão de crédito e o comprometimento do orçamento com gasto superior ao ganho mensal. O cliente deve ser responsável ao comprar e saber que no início do próximo ano vão aparecer impostos e demais compromissos particulares", alerta o documento.

    Outra dica do órgão está para a possibilidade de trocas de presentes. "O consumidor deve observar, no ato da compra, se há o produto no estoque para uma possível reposição. Recomenda-se também que os consumidores optem por lojas que estipulam prazo de troca. Antes de comprar peças de vestuário, certificar da possibilidade de trocar devido a insatisfação com cor, tamanho ou modelo. A troca nesses casos é uma concessão da loja e deve constar de forma clara na nota fiscal ou na etiqueta da peça. Nas compras realizadas diretamente nos estabelecimentos, a chamada compra de balcão, mercadorias como roupas devem ser experimentadas e eletroeletrônicos testados ainda nas lojas, pois não é obrigatória a troca de produtos em caso de insatisfação referente a cores ou a modelos. Por outro lado, a troca poderá ser realizada em caso de defeito", esclarece o Procon.   

    Se o consumidor optar por fazer compras pela internet ou telefone, as orientações são diferentes. "Se o produto for comprado pela Internet, certificar se o site é seguro e confiável, se há histórico de reclamações contra a empresa. Caso o site seja desconhecido, a orientação do Procon é evitar fornecer dados de cartões de crédito ou da conta corrente, sendo indicada a utilização do pagamento por boleto bancário. É importante dar atenção à especificação do produto, a fim de evitar erro na compra. Produtos elétricos, por exemplo, precisam ter voltagem compatível com a região onde será utilizado. Nas compras por telefone, o consumidor não deverá ter pressa durante o contato e, ao final da compra, é indicado solicitar que o vendedor repita a descrição do produto, a quantidade, as condições de pagamento e o prazo de entrega", pontua o órgão.

    Além disso, casos como a exigência da nota fiscal, do cumprimento de itens do Código de Defesa do Consumidor, como prazo de entrega, instalação ou montagem do produto vendido são lembrados pelo Procon. Em caso de dúvidas ou reclamações, o consumidor deve procurar a Agência de Proteção de Defesa do Consumidor (Procon/JF), situada na avenida Itamar Franco 992, no Centro.

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.