• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos
    Sexta-feira, 9 de maio de 2014, atualizada às 09h05

    Consumidor deve ficar atento na hora das compras para o Dia das Mães

    Dia das mães

    A Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/JF) e a Serasa Experian orientam sobre os cuidados a serem tomados na hora de fazer as compras para o Dia das Mães. Durante o ano, a data é a segunda que mais movimenta o comércio em Juiz de Fora e no Brasil.

    A primeira dica, segundo o superintendente do Procon, Nilson Ferreira Neto, é a pesquisa de preços. "É de fundamental importância que o consumidor tenha tempo suficiente para fazer uma boa análise de preços ofertados, pois alguns produtos, da mesma marca e modelo, costumam ter grandes variações de preços entre um estabelecimento e outro".

    Pagamento

    O consumidor deve preferir pagar suas compras à vista. No caso de pagamento a prazo, deve buscar o conhecimento necessário sobre os juros praticados, número e periodicidade das prestações.

    O Procon/JF alerta que não deverá haver diferença de valores quando a mercadoria for paga com dinheiro, cheque ou cartão de crédito. E, ainda, o fornecedor não poderá estabelecer valor mínimo para a utilização de cartão de crédito ou cartão de débito.

    Promoções e trocas

    Outra importante dica é estar atento a produtos em promoção, pois podem estar com pequenos defeitos. Vale ressaltar que a troca de produtos comprados diretamente nas lojas não é obrigatória e só poderá ser realizada em caso de defeito.

    Informações sobre o produto

    Se o consumidor preferir presentear sua mãe com alimentos ou cosméticos, nacionais ou importados, deve saber que nestes produtos devem constar informações em língua portuguesa, sobre o uso correto do produto, suas características, registro no órgão competente, prazo de validade, composição, volume, quantidade e dados sobre o fabricante ou importador.

    Compras pela internet

    Caso a compra seja realizada pela Internet, é importante ficar atento à segurança, pesquisando a idoneidade da empresa na própria Internet ou através dos registros de queixas nos órgãos de defesa do consumidor.

    Ato da entrega e garantia

    É recomendado que, ao adquirir eletroeletrônicos, o consumidor solicite o teste no aparelho escolhido e a demonstração de funcionamento na hora de entrega e só assine o documento referente ao recibo após o funcionamento correto da mercadoria adquirida. O consumidor também deve observar o prazo de garantia oferecido e a rede de assistência técnica disponível para o caso de algum problema, especialmente no caso de produtos importados.

    Nota fiscal

    Para finalizar, todos os consumidores devem exigir a nota fiscal na hora da compra. No caso de eventual defeito ou vício aparente, esse documento é de fundamental importância para o registro da reclamação no Procon/JF e para o resguardo dos direitos dos consumidores. O prazo para realizar reclamações sobre algum produto é de 30 dias para produtos não duráveis e 90 dias para produtos duráveis (eletrodomésticos, roupas, acessórios, etc).

    Reclamações

    Caso o consumidor tenha alguma dúvida ou queira fazer reclamação sobre serviços ou produtos, a orientação é procurar o Procon/JF, na Avenida Presidente Itamar Franco, 992, Centro. A agência funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18h. Já o horário de atendimento ao público é das 8h30 às 17h30.

    Serasa orienta sobre roubo de documentos

    Pesquisas da Serasa Experian apontam que aumentam as incidências de tentativas de fraude em datas comemorativas e que os cidadãos que tiveram documentos perdidos ou roubados estão mais suscetíveis. Basta perder a carteira de identidade ou o CPF para dobrar a probabilidade de ser vítima do crime conhecido como fraude de identidade, por meio do qual os golpistas utilizam os dados dos documentos extraviados para obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos ou fazer negócios apresentando-se com identidade falsa. 

    Qualquer pessoa que tiver um documento roubado ou perdido, além de fazer um Boletim de Ocorrência (B.O.), deve cadastrar um alerta no Serviço de Documentos e Cheques Roubados da Serasa Experian, com o objetivo de reduzir o risco e evitar a dor de cabeça de ter seus dados pessoais utilizados por golpistas. O consumidor pode fazer gratuitamente o registro do extravio de folhas de cheques e documentos (como Registro Geral, o RG; carteira de trabalho; CPF; carteira de habilitação e título de eleitor) pela Internet, ou pelo telefone da Central de Atendimento ao Consumidor, (11) 3373 7272, que funciona nos sete dias da semana, das 8h às 20h. Se alguém já teve no passado algum documento extraviado e ainda não registrou as informações, também pode realizar o cadastro.

    Com informações da Prefeitura de Juiz de Fora e Serasa Experian

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.