• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos
    Segunda-feira, 4 de agosto de 2014, atualizada às 18h23

    Oi mantém liderança do ranking de reclamações do Procon

    A empresa Telemar Norte e Leste S/A, responsável pelos serviços Oi Móvel, Oi Fixo, Oi Internet e Oi TV, mantém a liderança de reclamações na Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/JF) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF). O ranking divulgado pela PJF na tarde desta segunda-feira, 4 de agosto, aponta que 19,47% do total de atendimentos são contra a empresa. Em seguida está a Via Varejo S/A (Casas Bahia e Ponto Frio) com 4,61% e, em terceiro lugar, o Banco Bradesco, com 3,92% das queixas.

    Segundo o Procon, as reclamações mais comuns contra a Telemar foram a cobrança indevida, o serviço não oferecido e o vício de qualidade (falha de sinal em telefonia e internet). As queixas relacionadas a cobrança indevida somam 201 registros em telefonia fixa e 87 em móvel (celular). Os problemas com serviços não prestados reúnem 31 queixas na telefonia fixa e dez em telefonia móvel. O vício de qualidade nos serviços de telefonia fixa totalizam 19 queixas, enquanto a telefonia móvel soma dez problemas. O Procon já abriu processo administrativo contra a empresa. A ação foi tomada devido o alto índice de reclamações, a não resolução das demandas dos consumidores, a falha da prestação de serviços, o não comparecimento nas audiências de conciliação e o descumprimento de acordos firmados no Procon/JF.

    Caso o consumidor tenha alguma dúvida ou queira fazer reclamação sobre serviços ou produtos, a orientação é procurar o Procon/JF, localizado na avenida Itamar Franco 992, no Centro. A agência funciona de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Já o horário de atendimento ao público é das 8h30 às 17h30.

    Veja lista com as dez empresas mais reclamadas em julho de 2014.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.