• Assinantes
  • Autenticação
  • Seus Direitos
    Quinta-feira, 20 de novembro de 2014, atualizada às 12h47

    Instituto Federal Sudeste de Minas terá que retificar concurso público

    O Instituto Federal Sudeste de Minas (IFSudeste) terá que retificar, imediatamente, o edital nº 05/2014, que regulamenta concurso público destinado ao provimento de vaga para o cargo de professor do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico com licenciatura em Matemática. A determinação é do Ministério Público Federal (MPF). Esse cargo terá lotação no campus do IFSudeste em Santos Dumont/MG.

    As provas estão previstas para acontecer já no próximo dia 30 de novembro. Mas, de acordo com a recomendação, o edital precisa ser modificado, porque contém exigência ilegal, que é a apresentação do título de Mestre para candidatos que irão concorrer à vaga.

    A ilegalidade estaria no fato de que a Lei 11.784/2008 [que disciplina os requisitos exigidos para ingresso nos cargos do Plano de Carreira e Cargos do Magistério do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico] somente previu habilitação específica obtida em licenciatura plena ou equivalente.

    Para o MPF, "um processo seletivo apenas será legítimo na medida em que forem respeitadas todas as disposições legais pertinentes". Assim, ao impor requisito que vai de encontro à legislação, o IFSudeste teria violado "o princípio da legalidade, um dos pilares do direito administrativo".

    A recomendação cita inclusive decisões do Superior Tribunal de Justiça (STJ) no sentido de que não podem ser criados, por edital, requisitos não previstos em lei, como óbice à participação de candidatos em concurso público.

    Segundo o MPF, ao fazer tal exigência, o Instituto Federal priva arbitrariamente inúmeros candidatos, ainda que possuam a habilitação prevista em lei, de participarem do concurso.

    Foi dado prazo de cinco dias úteis para a retificação do edital, contados a partir da segunda-feira, 17 de novembro. Em seguida, o IFSudeste deverá dar ampla publicidade à modificação, com a reabertura do prazo para inscrições.

    Com informações do MPF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.