Procon identifica novo aumento do gás de cozinha e funcionamento de depósitos irregulares

No período, foram pesquisados 47 depósitos

por Jorge Júnior - 29/09/2021

A Agência de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/JF) por meio do Departamento de Estudos Pesquisas e Projetos (DEPP), identificou aumento dos preços e irregularidades em alguns depósitos da cidade, a partir de ação de acompanhamento das variações do preço do botijão de gás de cozinha, em diferentes regiões, no período de 20 a 27 de setembro de 2021, 

No período, foram pesquisados 47 depósitos. A pesquisa revelou que o item sofreu novo aumento de preço e que 22% dos estabelecimentos estão sem autorização para funcionar, segundo consulta feita através do site da Agência Nacional de Petróleo (ANP).

O menor preço de venda, com retirada no local, para o botijão de 13kg, foi de R$ 85 em depósito localizado no bairro São Pedro. Já o maior preço de venda com retirada no local, para o botijão de 13kg, foi de R$ 115 em depósito localizado também no bairro São Pedro. O preço médio foi de R$ 100.

O Procon/JF orienta ao consumidor que denuncie, caso constate alguma irregularidade nas condições de segurança ou prática de preços abusivos pelos telefones do setor de atendimento 3690-7610 ou 3690-7611 ou WhatsApp do Procon 98463-2687.

Sobre a regularidade da revenda de gás, as informações estão disponíveis no site.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.