• Assinantes
  • Autenticação
  • Só Sabor
    Frita, assada, cozida...
    Receitas clássicas e diferentes feitas com batatas

    Ana Luisa Damasceno
    27/11/03

    Qual o seu legume preferido? Está entre a minoria quem não respondeu "batata". Frita, assada, recheada, ela sempre está na mesa dos brasileiros. E o que pouca gente sabe é que a batata em si não é muito calórica. O que atrapalha os que querem emagrecer são os modos de preparo: o tubérculo sempre é cozido com muito sal, molhos gordurosos ou em óleo, o que o transforma numa verdadeira mina de calorias.

    Façam as contas
    Para a surpresa de muitos, as batatas são nutritivas e têm baixas calorias. Se consumidas com casca podem ser fonte de carboidratos complexos e fibras, o que é bom para o organismo. As batatas ainda possuem as vitaminas C e B6, potássio e outros minerais, além de amido.

    Nada mal para um alimento que é acompanhamento para a maioria das refeições dos brasileiros, e ainda está na clássica combinação "arroz, feijão, bife e batata-frita". O problema está mesmo na fritura. O óleo e a gordura de muitos molhos - que ficam uma delícia se combinados com ela - fazem as calorias da batata triplicarem!

    Uma batata de tamanho médio, assada ou cozida sem gordura, não tem mais que 500 calorias e até 35g de gordura. Só para comparar: uma xícara de purê de batata tem 130 calorias, enquanto a mesma quantidade de batatas gratinadas tem 355 calorias.

    As tradicionais batatinhas
    A batata veio para o Brasil através da colonização européia. Mas é originária do continente americano. Os primeiros exemplares do vegetal são da região dos Andes, na América do Sul onde hoje está o Chile.

    Na Europa o tubérculo conquistou as mesas de ingleses, alemães, holandeses e portugueses, que trouxeram mudas e cultivaram as primeiras plantações de batata no Brasil.

    Hoje a batata é a terceira principal fonte de alimento da humanidade, ficando atrás somente do arroz e do trigo. Ganha até da soja, principal vedete da culinária nos dias atuais.

    Para se dar bem na hora de cozinhar a batata, fique de olho nestas dicas:

    Ao preparar a batata, procure conservar a casca, para manter os nutrientes. Se tiver que descascar, deixe isso para perto da hora de servir. As batatas perdem a cor se ficarem muito tempo expostas ao ar sem casca. Mas, se não tiver jeito e você precisr descasca-las para depois preparar o prato, deixe as batatas em em água com vinagre ou suco de limão.

    Escolha batatas de casca lisa, de tamanho uniforme e firmes à pressão dos dedos. Não compre nem consuma batatas com cor esverdeada ou azulada. Isso indica uso de produtos químicos. Não use também as que apresentam brotos ou casca enrugada.

    Guarde as batatas em local seco e arejado e nunca na geladeira para não alterar a textura e o sabor. Batatas que ficam na geladeira também não servem para fritar. Não deixe as batatas amontoadas: isso faz com que elas evenlheçam mais rapidamente.

    Compre somente a quantidade necessária para o consumo de uma a duas semanas, de modo a ter sempre produto fresco em casa.

    Se você pretende espermer as batatas, não precisa descasca-las. A casca sempre fica retida no espremedor, podendo ser retirada depois que a batata for espremida.

    Se a sua sopa ficou muito salgada, adicione pedaços de batatas cruas. Elas vão absorver o excesso de sal enquanto são cozidas.

    Veja a seleção de receitas
    tradicionais e diferentes - que têm a batata como principal ingrediente:

    Acesse as receitas do Só Sabor!
    Clique aqui e cadastre suas receitas.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.