• Assinantes
  • Autenticação
  • Especial 100 anos de Imigração Japonesa

    Tempura: prato com legumes, fruta e camarões Aprenda com o chefe de cozinha de um restaurante japonês, Rogério Mariano, o passo-a-passo desse prato especial da culinária japonesa

    Sílvia Zoche
    repórter
    23/03/2006
    foto do prato
    ACESSA.com multimídia
    ACESSA.com interatividade:

    Quem nunca experimentou o sabor da comida japonesa vai se deliciar com uma receita tradicional chamada tempura (lê-se tempurá). Quem ensina é o chefe de cozinha de um restaurante japonês, Rogério Mariano, que trabalha com culinária japonesa há dez anos.

    "É um prato mais conhecido entre as pessoas que sabem mais sobre a culinária japonesa, quem experimenta pela primeira vez gosta muito do tempura", garante.

    O tempura não é cru. É um prato que leva banana fatiada com casca, legumes, como pimentão e berinjela, e camarões grandes empanados. O acompanhamento também é importante. Arroz gohan: "arroz com água, mais nada", molho tetsui, em que será mergulhado o tempura e uma sopa de soja chamada missoshiro.

    O truque para deixar os empanados ainda mais saborosos e crocantes é a massa de farinha de trigo gelada em que serão passados os vegetais e os peixes. O choque térmico produzido no contato da massa gelada com´o óleo quente cria uma casquinha deliciosa. Para saber se o óleo está na temperatura correta (180ºC a 200ºC), jogue um pouco da massa gelada no óleo, que deve subir rapidamente.

    O camarão escolhido foi o VG por ser maior. Sua limpeza é fácil. Com as mãos limpas, retire a cabeça do camarão e as escamas que saem facilmente. Depois, faça um corte no meio do camarão para retirar uma pequena tripa. Lave em água corrente. Agora, um truque pra que o camarão depois de frito não enrole é fazer pequenos cortes transversais ao longo do peixe. Este prato pode ser servido para duas ou três pessoas.


    Experiência

    Rogério (foto ao lado) não imaginava que seria um chefe de cozinha japonesa e que saberia tanta coisa deste tipo de culinária. Ele, que já foi padeiro, trabalhava como servente de pedreiro próximo ao restaurante japonês que seria inaugurado. "Recebi uma grande chance.

    No dia da inauguração, fiquei como seguranaça na porta. Depois, me torne copeiro, barman, em seguida, cozinheiro, sushiman e agora sou chefe de cozinha, com parte da sociedade", conta.

    Agora, ele já cria pratos orientais, como o prato para o Brasil Sabor 2006, intitulado Fetuthay, que é um fetutine com ervas de province, acompanhado com filé fatiado e cogumelos ao molho Thay. "É um misto de culinária italiana com a tailandesa", explica.

    Outra dica de Rogério é tomar cuidado quando pedir saquê. "No início, você toma e acha que é fraco, mas depois de algum tempo, é que vem o efeito. Tem que tomar com cuidado", indica.


    Acesse as receitas do Só Sabor!
    Clique aqui e cadastre suas receitas.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.