• Assinantes
  • Autenticação
  • Só Sabor

    Farofa fria O segredo é deixar a receita, depois de pronta,
    por dois dias na geladeira

    Sílvia Zoche
    Repórter
    17/03/2007

    Comer farofa pura, sem nenhum acompanhamento. Já experimentou fazer isso? Dependendo de como a receita é preparada, na segunda tentativa é possível que você queira tomar algum líquido para ajudar.

    Pois pode acreditar que a farofa ensinada pela culinarista, Lenny Barros, é até recomendável que seja ingerida pura, no máximo, acompanhada por algum tipo de carne, exceto peixe.

    Lenny, que possui experiência na arte de cozinhar há 22 anos, conta que o segredo desta receita é que ela deve ser feita dois dias antes de ser servida à mesa. "Ela vai à geladeira. Assim a farinha (de mandioca), que deve ser crua, pega o sabor de todos os temperos", explica. Não é à toa que o nome é farofa fria.

    Os ingredientes que precisam ser cortados em cubos, como o pimentão verde e amarelo, os tomates, a cenoura... precisam ser em tamanhos bem pequenos. A cebola fica melhor se passada na centrífuga, porque vira uma pasta e seu sabor é melhor absorvido pela farinha de mandioca.

    Ainda com relação à cebola, uma dica de Lenny para quem vai separar os ingredientes, mas vai demorar para preparar a receita, é cozinhar a cebola já centrifugada, por alguns minutos no microondas com um fio de óleo ou azeite. Assim, ela não fica amarga.

    Esta receita foi ensinada por Lenny em seu curso de culinária, que está com novas instalações. A culinarista conta que a primeira aula foi em benefício das Obras Sociais do Bom Pastor. "Nós damos cursos na instituição também", comenta.

    Há 22 anos...
    A culinarista Lenny Barros está em sua cozinha A história de amor entre Lenny e a culinária começou há 22 anos e evoluiu. Ela preparava festas de aniversário para até cem pessoas. Porém, as pessoas queriam mais. Desejavam aprender os seus segredos.

    Ela decidiu abrir um curso na garagem de sua casa. "Depois me associei à Helenice Andrade e dávamos cursos ensinando receitas para datas comemorativas", conta. Foram sócias por seis anos. "Helenice montou um buffet e eu continuei dando aulas".

    Com tanto tempo de estrada, a culinarista sabe o quanto é importante reciclar e aumentar os conhecimentos. Por isso, faz cursos no Brasil e na Europa, para observar os detalhes da didática, do conteúdo e, até mesmo, do espaço arquitetônico.

    Ela sabe que para cozinhar é preciso ter vontade e fazer com prazer, porque o resultado positivo aparece na expressão de quem degusta. "A culinária é a arte das sensações".

    Acesse as receitas do Só Sabor!
    Clique aqui e cadastre suas receitas.

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.