• Assinantes
  • Autenticação
  • Festa Junina

    Pudim de Mandioca Em época de festas juninas, nada melhor do que
    retomar as receitas da vovó

    Renata Cristina
    Repórter
    15/06/2007
    ACESSA.com multimídia:
    Leia mais:
  • Caderno Só Sabor
  • Especial de Inverno
  • O pudim surgiu na Inglaterra e era feito com uma mistura de trigo e leite. A receita original utilizava amêndoas, ameixas, uvas passas, damascos, farinha de rosca, farinha de trigo, laranja, melado, açúcar mascavo, conhaque, margarina, especiarias, ovos e frutas cristalizadas. Tudo isso, para criar uma refeição exclusiva na noite de Natal, feita por cada membro da família e apreciada por todos.

    Receita vai, receita vem, o pudim tipicamente brasileiro não poderia deixar de ter ingredientes de nossa terra. A base para a mistura permanceu com a farinha, mas a nossa culinária foram incorporados a mandioca, queijo, leite, coco e outras delícias.

    Se os ingleses faziam a mesa para comer o pudim de ameixas com chá, a família mineira sentava-se com os amigos, vizinhos e convidados para degustar o pudim de mandioca com um cafezinho fresco, é claro!

    Não há sinais de onde tenha surgido essa iguaria, mas que, certamente, ela foi criada por alguma vovó, em uma fazenda do interior, ninguém tem dúvidas.

    Quem vai nos ensinar o passo-a-passo é a nossa culinarista de plantão Luzimar Evaristo que trouxe essa relíquia de um caderno de receitas da família. "Temos uma coletânea de pratos feitos por uma tia", explica.

    Segredos na hora de fazer

    Pudim retirado do forno Como este prato é a base de mandioca, Luzimar aconselha que se retire o amido, para que a massa não fique muito empaçocada. Para isso, deixe a mandioca ralada de molho na água e vá espremendo de tempos e tempos, retirando o líquido esbranquiçado do recipiente.

    O passo-a-passo da receita é bastante simples, pois basta bater todos os ingredientes no liquidificador e levar ao forno. Para dar um toque especial no pudim, você pode untar a fôrma com manteiga e canela em pó. Um coador pequeno auxiliará você a polvilhar a canela. Jogue-a de forma irregular para causar uma aparência suculenta quando for servir.

    Na hora de colocar o pudim para assar, é importante deixá-lo em banho maria, ou seja, embaixo de um recipiente com água, para não queimar o fundo. O forno deve estar em fogo baixo. Com cerca de 30 minutos, ele já vai ganhando consistência e o ponto certo para a retirada é quando a massa fica levemente dourada (foto ao lado). Espere resfriar para retirar o pudim do forno. Sirva com calda de chocolate e bom apetite!

    Outras receitas com milho


    Acesse as receitas do Só Sabor!
    Clique aqui e cadastre suas receitas.

    A Melhor Internet Está Aqui

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.