Segunda-feira, 3 de setembro de 2018, atualizada às 9h40

Festa do Café-com-Biscoito de São Tiago começa nesta quinta-feira

Da redação

Entre os dias 6 e 9 de setembro, São Tiago (a 201 km de Juiz de Fora) sedia a XX Festa do Café-com-Biscoito. Ao todo, estão sendo montados 18 estandes de madeira, totalizando cinco mil e quinhentas toneladas de quitandas para degustação, entre mais de 100 tipos de biscoitos, doces e salgados. Durante a Festa ainda serão servidos cerca de 2.400 litros de café. Os estandes com guloseimas funcionam no sábado e domingo.

Além das tradicionais torradinhas de polvilho, biscoito de fubá, casadinho com goiabada, rosquinha de nata, os fabricantes não economizam na invenção de sabores. Tem amor-em-pedaços (abacaxi), biscoito de abóbora com coco, pé-de-moleque e até prestígio.

História

O município de São Tiago é reconhecido pelo selo de procedência do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) em 2011. A chancela do INPI significa que os biscoitos produzidos em São Tiago são reconhecidos pelo órgão governamental responsável pelo aperfeiçoamento, disseminação e gestão do sistema brasileiro de concessão e garantia de direitos de propriedade intelectual para a indústria. No Brasil, são poucos os registros concedidos devido à rigidez dos critérios exigidos pelo Instituto. Atualmente, existem 33 regiões registradas no Brasil, sendo que São Tiago foi o sexto município de Minas Gerais a receber o reconhecimento.

O selo de “Indicação de Procedência” é uma forma de proteção da origem dos biscoitos são-tiaguenses e atesta a qualidade e o processo tradicional de produção das padarias (como são conhecidas no município, as fábricas de biscoitos).

A primeira Festa do Café-com-Biscoito foi realizada em 1999. Naquele ano, os produtores comemoravam a produção das primeiras padarias. Essas manufaturas de sabores saíram dos fundos de quintal e começaram a aparecer pelos quatro cantos do município por volta de 1994.

Ao todo, são pelo menos 60 fábricas, 20 delas filiadas à Associação São-tiaguense de Produtores de Biscoitos (Assabiscoito). Por mês, a produção de quitandas gira em torno de 150 toneladas. Além de Minas, os principais compradores são Brasília, Espírito Santo, Goiás, Paraná, Rio de Janeiro e São Paulo. 

As padarias também são o segmento que mais movimentam a economia local, empregando cerca de 10% da população de 11 mil habitantes, conforme estimativa do IBGE.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.