Segunda-feira, 21 de janeiro de 2008, atualizada às 17h57

TSE e TRE/MG alertam eleitores para e-mails falsos. Todos os dados devem ser atualizados, pessoalmente, no Pólo de Atendimento


Priscila Magalhães
Repórter

A Justiça Eleitoral voltou a detectar e-mails falsos enviados em seu nome a eleitores brasileiros. "Nos e-mails, são solicitados dados pessoais e há um alerta para o risco de cancelamento do título", diz a analista judiciária do Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG), Simônica de Castro.

Essa é uma época em que os eleitores estão regularizando as pendências para participarem das próximas eleições, por isso, a chance de serem enganados, pela internet, aumenta. Segundo informações da Justiça Eleitoral, os e-mails têm o brasão da República, o que leva o eleitor a acreditar que se trata de correspondência oficial. Quem abrir a mensagem, pode ter o computador invadido por um vírus.

A analista diz que, esporadicamente, eleitores entram em contato pedindo informações sobre as mensagens. "O TSE não envia nenhum tipo de e-mail pedindo atualização dos dados, mesmo porque não pedimos o endereço eletrônico dos eleitores no momento da inscrição. Todas as regularizações devem ser feitas no Pólo de Atendimento ao Eleitor, pessoalmente". O Pólo, em Juiz de Fora, fica na Avenida Independência, 992.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.

Arquivo

Ver mais...