Criado em 2003, com o objetivo de resgatar a história e os costumes dos tempos áureos do trem pelas Minas Gerais, o Museu Ferroviário de Juiz de Fora é referência para o patrimônio cultural de todo o país.

O acervo é composto por 311 peças, entre locomotivas, placas de tráfego, mobiliário, relógios, louças, miniaturas e instrumentos de trabalho (leia a matéria).

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.