Sites de turismo ganham popularidade na Internet Pesquisa do Ibope mostra que o turismo foi o tema que mais aumentou sua área de interesse em novembro de 2006



Renata Cristina
Repórter
21/12/2006

Há cerca de dez anos, quem se interessava por um roteiro turístico iria passar horas conversando com diversas operadoras, pesquisando preços, hotéis e condições de pagamento. Hoje, tudo isso está compactado na internet. Os sites voltados para o turismo facilitam a vida de aficcionados por viagens ou daqueles que se planejam durante um longo período para definir um destino.

As facilidades na web vão desde a informação sobre um roteiro específico, compra de passagens, reserva de hotéis, carros, até a negociação de um pacote completo, sem qualquer contato com o denominado "mundo real". Em alguns casos, é possível conhecer o avião em que se estará viajando, como acontece no site da Airfrance, que disponibiliza um passeio virtual para seus clientes.

No país, o desenvolvimento expressivo do turismo na internet fica visível a partir da pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião e Pesquisa - IBOPE - que constatou um aumento de 93% no número de visitantes dos sites da categoria, no ano de 2005. Já no primeiro semestre de 2006, o turismo foi o tema que mais aumentou sua área de atenções na web, com 42,12% da audiência no Brasil.

Um levantamento divulgado pelo IBOPE nesta terça-feira, 19 de dezembro, mostrou que a categoria "Viagens e Turismo" foi a que mais se destacou no mês de novembro, com 16,2% de crescimento sobre outubro. No ranking dos últimos treze meses, o turismo ocupou o 3º lugar na web, com um crescimento de 43,5%, recebendo 3,4 milhões de internautas. Em primeiro, ficou a categoria Automóveis, que cresceu 71% e no segundo lugar, Casa e Moda, com crescimento de 49,1%.

O que fazem os internautas

A administradora de empresas, Tatiana Morais, é uma das que se rendeu aos serviços on-line. Ela relembra que criou o hábito de pesquisar preços quando foi morar em Londres, no início de 2005, para aperfeiçoar o idioma. "Tive que olhar acomodação, curso de inglês, tudo pela Internet", relembra. A partir de então, seu calendário de férias permanece ligado a diversos sites de operadoras e companhias aéreas.

A internauta reconhece que usava mais os portais de turismo durante sua estadia na Europa, devido às facilidades de pagamento e promoções on-line. "Agendando com antecedência e verificando os dias menos requisitados, dá para viajar, sem gastar muito", aconselha. Foi assim que Tatiana conseguiu passagens promocionais para Paris e Escócia, quando estava na Inglaterra.

Já os brasileiros possuem um perfil semelhante aos europeus, mas na hora de efetivar a compra são mais cautelosos. O estudante Bernardo Sobreira é um dos que pesquisa pela web, mas na hora de comprar prefere a agência de viagens. "Tive problemas com o cartão de crédito", esclarece. Mesmo com o incidente, Bernardo reconhece inúmeras vantagens nas informações on-line, como a comodidade, rapidez e economia de tempo e dinheiro, por não ter que falar com diversas atendentes, por exemplo. "As vantagens são inúmeras, mas é preciso mais segurança nas transações com o cartão", enfatiza.

Na contramão do processo, a sócia-proprietária de uma agência de viagens em Juiz de Fora, Mônica Mascarenhas, optou por não fornecer os serviços de sua empresa na web. "Sou uma prestadora de serviços, vinculada as operadoras, por esse motivo não gosto de divulgar dados que podem mudar a qualquer momento", justifica.

A empresária toca em uma questão delicada quando se trata de serviços pela web, considerando-se o fato de que pacotes e acomodações são vendidos sem haver qualquer confirmação de disponibilidade. "Há muitos sites de agências que veiculam propagandas enganosas", adverte Bernardo Sobreira, que vivenciou a situação durante pesquisas na web.

Sites direcionados

Já se foi o tempo em que comprar um pacote pela internet era novidade. Hoje, o que se percebe é a implementação de um atendimento específico, voltado para diferenciados perfis de clientes. Com isso, pacotes para recém-casados, homossexuais, idosos e adolescentes já figuram o conteúdo na web.

Para os que procuram roteiros, informações sobre cidades, sejam elas turísticas ou não, há um vasto conteúdo na web. Este é o caso do caderno de Turismo ACESSA.com, voltado para Juiz de Fora e Zona da Mata Mineira. Navegando pelo caderno, você pode conhecer roteiros de relevância para a região, através de galerias de fotos, vídeo-reportagens e papéis de parede. Tudo isso com a facilidade de se descobrir "como chegar", através de mapas interativos.

Os interessados em presentear recém-casados, em Lua de Mel, podem dar a sua contribuição através de alguns sites. Os noivos escolhem a viagem, criam e gerenciam sua lista, da mesma maneira que fariam com as listas de presentes tradicionais das lojas de utilidades, e os convidados adquirem algumas cotas desta viagem. Os créditos acumulados poderão ser utilizados para a compra de uma viagem no próprio site ou para adicionar outros serviços a um pacote escolhido anteriormente.

Para os que decidem seus destinos pelo meio de transporte ou pelas formas de acomodação há também diversas opções online que acompanham essa tendência de setorização e divide seus produtos através de links para spas, resorts e navios de cruzeiro, além de roteiros de ecoturismo, aventura, tropicais e econômicos. Todas as opções estão objetivamente descritas, sem excesso de propagandas. É só navegar, pesquisar e aproveitar!

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.