Pacotes internacionais esgotados para o Carnaval Juizforanos optam por viagens internacionais durante o carnaval. Pacotes para Nova York, Paris, Santiago do Chile e até África do Sul já estão esgotados



Renata Cristina
Repórter
29/01/2007

Foto Bruno Barreto Quem diria... os juizforanos estão cada vez mais interessados em viagens internacionais no período do Carnaval. Acreditem! Eles deixam de lado o samba e a alegria dos quatro dias da festa de Momo para atravessarem as fronteiras tupiniquins em busca de novas culturas, compras e diversão.

Se você teve a mesma idéia neste exato momento, nem adianta pensar na cosmopolita Nova York ou, quem sabe, na glamourosa Paris. Não há vôos disponíveis para esses destinos até o dia 25 de fevereiro, domingo da semana de Carnaval.

Ao contrário dos "gringos", que vêm dos quatro cantos do mundo em busca de diversão na terra do samba, os brasileiros tomam cada vez mais o caminho inverso e aproveitam os preços de pacotes competitivos com o mercado internacional. Só para se ter uma idéia, uma viagem para Salvador, na semana de carnaval, sai mais cara do que ir para Santigo, no Chile. O mesmo acontece com Olinda, no Recife, e outros destinos cotados do Nordeste do país.

Para quem se planeja com antecedência, as passagens aéreas podem sair até 30% mais baratas do que na alta temporada. As vantagens em hotéis também são inúmeras. Os quartos mais confortáveis, em um quatro estrelas, podem sair no mesmo preço de um quarto normal, de um três estrelas, para quem compra na última hora.

De acordo com o agente de viagens, Roberto Trevizani (foto abaixo), os juizforanos acompanham uma tendência nacional e procuram por pacotes internacionais até com quase um ano de antecedência.

"Em geral, as pessoas que optam por esses roteiros não gostam de carnaval e querem fugir da confusão", afirma. Trevizani acredita também que a estabilidade do dólar ajudou os brasileiros a optarem por viagens fora do país.

Os destinos mais procurados pelos juizforanos são a América do Sul, como Buenos Aires e Santiago do Chile. Há também interessados em aventuras pelas montanhas de Machu Pichu e até pelo Deserto de Atacama. Outro roteiro cobiçado é o "Lagos Andinos", que passa por Santiago do Chile, Puerto Montt, Peulla, Bariloche até chegar em Buenos Aires.

Mesmo não estando na lista dos mais procurados, pacotes para o Oriente Médio e a África do Sul já se esgotaram neste período. "Tenho clientes na fila de espera, tentando conseguir uma vaga para estes lugares", diz Trevizani.

Carnaval sem samba

Com viagem marcada para a semana de carnaval, o casal de empresários Alessandra e Luiz Cláudio Pasqualini vão passar cinco dias em Santiago, no Chile. A viagem está programada desde outubro do ano passado. "Queremos um lugar tranqüilo para descansar, longe do tumulto do carnaval", diz Alessandra, justificando a escolha do casal.

O planejamento foi um aliado do casal, que escolheu mais conforto e algumas viagens pela região, já que tudo foi visto com antecedência. Caso contrário, Alessandra avalia que não poderia fazer tantos passeios. "Vamos chegar lá com a viagem paga, o que nos permitirá conhecer lugares e ter outros gastos".

Outro fator que pesou na decisão do casal foi o preço. "Os roteiros nacionais são inviáveis no carnaval. Vamos pagar o mesmo do que se fôssemos para o Nordeste. Por isso preferimos conhecer o Chile, o país mais próspero da América Latina".

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.