Quinta-feira, 31 de janeiro de 2008 atualizada às 19h08

Passaportes são retirados normalmente em Juiz de Fora, mesmo com adequação no sistema da Polícia Federal


Thiago Werneck
Repórter

A interrupção do sistema da Polícia Federal que agenda uma data para retirada de passaportes, não interfere no serviço oferecido em Juiz de Fora. Para ter o documento na cidade, basta comparecer a PF com os documentos exigidos, aguardar cerca de 20 minutos e depois esperar um prazo de 15 dias para poder retirá-lo (Saiba como retirar o documento).

Em média, são emitidos 70 passaportes por dia em Juiz de Fora, mas a maioria deles são de cidades da região. JF é a única na Zona da Mata que fornece esse documento, os outros postos da PF que oferecem o serviço ficam no Sul, Leste, Norte, Triângulo Mineiro e Belo Horizonte.

Segundo o agente federal Ivo Fonseca, em Juiz de Fora, o passaporte ainda é emitido em sistema antigo e por isso não sofre os reflexos dá paralisação do sistema, que até quarta-feira de cinzas não vai marcar datas para retirada do documento. "Aqui não precisa marcar, a gente confere os documentos e a pessoa deixa o formulário para depois de 15 dias receber o passaporte"

Por ainda estar com sistema antigo do documento, o preço também sai mais em conta. Enquanto em Belo Horizonte, Rio de Janeiro, São Paulo e em outros locais a taxa para retirar o passaporte é de R$ 156,17, em Juiz de Fora o preço é de R$ 89,71. "As funções são as mesmas do sistema novo, tem validade igual de cinco anos e não restringe viagem para nenhum país", diz o agente Ivo.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.