Segunda-feira, dia 24 de março de 2008, atualizada às 18h00

Anac diz que Pantanal não pode operar e empresa alega que já entrou com recurso e vai continuar funcionando normalmente



Priscila Magalhães
Repórter

A assessoria da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que a Pantanal não pode operar a partir desta terça-feira, 25 de março, quando vence a concessão da empresa, que não vai ser renovada pela agência reguladora. Segundo a Anac, a Pantanal não apresentou documentação que comprove sua situação de regularidade técnica, operacional, fiscal e jurídica. Eles deveriam ter sido apresentados desde dezembro do ano passado.

O prazo para que os documentos fossem apresentados terminou no dia 07 de março e a agência proibiu a venda de passagens a partir do dia 25. O gerente da Pantanal em Juiz de Fora, Moacir Miranda, diz que a empresa entrou com os recursos necessários para continuar operando.

"Os diretores dizem que entraram com os recursos necessários para viabilizar a operação e estão aguardando um parecer da Anac. Eles dizem que os documentos foram entregues", explica. Segundo Moacir, não houve venda de passagens para esta terça, dia 25. "Mas isso não quer dizer que a Pantanal não vá voar. Pode ser que aconteça".

A empresa faz três vôos diários para São Paulo e um para Mucuri, na Bahia. Ela ainda atende as cidades de Araçatuba, Marília, Bauru e Presidente Prudente, em São Paulo.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.