Cidades históricas se unem no Carnaval Ouro Preto, Mariana e São João del-Rei firmam parceria para divulgar a folia de Momo e lançam selo chamado Carnaval das Cidades Históricas


Daniele Gruppi
Repórter
Madalena Fernandes
Revisão
02/02/2009

Quem pensa que o Carnaval no Brasil é forte apenas em Pernambuco, na Bahia e no Rio de Janeiro, engana-se. As cidades históricas mineiras também arrastam uma multidão de turistas todos os anos. E para tornar a folia de Momo ainda mais conhecida em Minas, Mariana, Ouro Preto e São João del-Rei se unem e prometem uma festa com mais conforto, segurança e, claro, divertida. Trata-se do projeto Carnaval das Cidades Históricas, que será lançado nesta terça-feira, dia 03 de fevereiro, em Belo Horizonte.

A iniciativa tem como objetivo mostrar a importância de cada um dos municípios, que se destacam tanto pela qualidade de seu patrimônio artístico, histórico e cultural, quanto pela tradição de seus carnavais.

Mariana, Ouro Preto e São João del-Rei vão somar esforços e realizar a divulgação conjunta de suas programações carnavalescas. As cidades vão valorizar o que a festa tem de melhor - os blocos carnavalescos, escolas de samba, bailes, marchinhas e bonecos gigantes.

Como resultado, o Carnaval das Cidades Históricas espera colocar a imagem de Mariana, Ouro Preto e São João del Rei no inconsciente dos turistas brasileiros para que possam visitar Minas Gerais não só no Carnaval, mas durante outros períodos do ano.

No lançamento do projeto, haverá uma amostra do Carnaval nas cidades. São João del-Rei será representado pelo Bloco Unidos Da Lata e pelo mestre-sala e porta-bandeira da Escola São Geraldo, campeã de 2008; Mariana, pelos dois dos famosos bonecos gigantes; e Ouro Preto, pelos integrantes do projeto Candonguêros (artistas/foliões em perna de pau vestidos de pierrôs e bailarinas).

Mariana espera receber mais de trinta mil turistas

Foto Carnaval Mariana A folia de Momo em Mariana será movida pela tradição e alegria. Entre as atrações de 2009 está o resgate das marchinhas que embalaram os antigos carnavais, como Mamãe eu quero, Cabeleira do Zezé e Chiquita Bacana.

Com o tema Mariana: Cultura da Alegria, os artistas locais vão impulsionar os quatro dias de folia. O objetivo é celebrar os movimentos contra a violência e a guerra, incentivando a relação amistosa entre as pessoas e os povos em busca da preservação da vida e da liberdade.

Um dos destaques é o bloco do Zé Pereira, um dos mais antigos em atividade no Brasil. Os catitões, que chegam a medir três metros de altura e pesar cerca de 30 quilos, estão escalados para a folia.

Os bonecos são produzidos de forma artesanal, com bambu, fibras de sisal, jornais e grude. São mais de 50 bonecos que homenageiam figuras conhecidas no Estado ou no Brasil, como o médium Chico Xavier e o ex-governador Itamar Franco.

O segredo desta tradição são as famílias que dedicam horas de suas vidas no zelo e conservação dos bonecos. Na toca do Zé Pereira, os bonequeiros não têm descanso. Eles trabalham a todo vapor na reforma dos antigos catitões e na produção de novos personagens, que vão ganhar as ruas nesta grande festa popular.

Outro bloco que agita os turistas é Os Farrapos, criado há mais de 50 anos. Só no ano passado arrastou mais de seis mil pessoas pelo centro histórico, com fantasias irreverentes, bem coloridas e, acima de tudo, criativas.

Segundo a Prefeitura, a expectativa é de receber mais de 30 mil pessoas nos quatro dias de Carnaval. Além de cair na folia, turistas também podem passear pelas ladeiras estreitas, como as ruas Direita e Dom Silvério emolduradas pelo casario do século XVIII, e pela Praça Minas Gerais.

Blocos e Escolas de Samba fazem Carnaval em São João del-Rei

Foto Carnaval São João del-Rei Na programação do Carnaval de São João del-Rei, há espaço garantido para os desfiles das Escolas de Samba e para os blocos. Os mais antigos e famosos são Lesma Lerda, Vamos a la Playa, Concentra, mas não sai e Copo Sujo.

O Lesma Lerda foi fundado em 1975 por Tutti Fonseca e Peninha. O bloco tem como sua principal característica criticar a situação político-social do país. Reúne milhares de foliões com suas fantasias cheias de críticas e muita criatividade, saindo na quarta-feira que antecede o carnaval.

O bloco Vamos a la Playa foi fundado em 1985 por Tutti Fonseca e os irmãos Flávio e Fernando. É a atração na segunda-feira de carnaval. Frequentado por garotas vestidas em trajes de banho, surfistas com suas pranchas coloridas e uma imensa galera amante da folia, o "Vamos a la Playa" é sucesso total.

Concentra Mas Não Sai teve origem numa reunião entre amigos em um bar, em 2005. Entre uma cerveja e outra e tira-gostos, o grupo uniu instrumentos e começou a tocar marchinhas carnavalescas, sem outros gêneros musicais. O encontro acontece na segunda-feira à tarde, a partir das 14 h. Com um ambiente familiar, a festa só acaba quando o último vai embora.

O Bloco do Copo Sujo nasceu em 1986 e promove, anualmente, um disputado grito de carnaval na sede do Athletic Club. O local foi palco dos festejos de 20 anos do bloco, comemorados junto com a União da Ilha, que cantou São João del-Rei na Sapucaí.

Ouro Preto agrada todos os gostos dos foliões

Foto do Carnaval em Ouro Preto O Carnaval de Ouro Preto atrai anualmente milhares de foliões para as ladeiras da cidade. Como em anos anteriores, os palcos serão montados em diferentes locais da cidade, atendendo a todos os tipos de foliões. Serão os pontos da folia a Praça Tiradentes, Largo do Cinema, Estacionamento da Escola D. Pedro II, Largo da Alegria, além do Espaço Folia.

Várias atrações se apresentam em toda a cidade, inclusive nos distritos. Nos dias de festa haverá shows em Cachoeira do Campo, Antônio Pereira e Santa Rita de Ouro Preto. Amarantina, Rodrigo Silva e Santo Antônio do Salto serão animados com som mecânico.

A festa começa com a realização do Pré-Carnaval comandado por bandas locais, entre os dias 13 e 15 de fevereiro. Na quinta-feira, dia 18, ocorre o desfile de blocos tradicionais no Centro Histórico e show no Espaço Folia, com portões abertos. Nos outros dias da festa, é necessário adquirir o pacote para os shows do Espaço Folia.

Durante o dia, os atrativos são os tradicionais blocos da cidade e os blocos das repúblicas estudantis. Outro destaque do carnaval em Ouro Preto é o tradicional desfile das Escolas de Samba. O Grupo Candonguêro e o Bloco do Zé Pereira dos Lacaios ajudam a manter a tradição do Carnaval na cidade.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.