Litoral brasileiro está entre os destinos mais procurados Juizforanos que deixaram para última hora podem encontrar pacotes turísticos mais caros. Ideal é agendar a viagem com três meses de antecedência

Melissa Ribeiro
Repórter
5/12/2009

Os roteiros mais procurados pelos juizforanos neste final de ano são as cidades do litoral brasileiro, principalmente as do nordeste, como Fortaleza, Natal, Porto Seguro e Porto de Galinhas. Uma viagem para um destes destinos pode sair, em média, por R$ 1.500, incluindo passagem de ida e de volta, sete noites de hospedagem e translado do aeroporto para o hotel, além de alguns passeios programados.

Para destinos como Fernando de Noronha e Lençóis Maranhenses, o consumidor pode pagar até R$ 3.000, dependendo do pacote. As opções mais caras são os resorts, que incluem pacotes de até R$ 15.000 para o réveillon. Os destinos internacionais mais requisitados pelos turistas são para cidades da Europa, como Paris, Lisboa, Madri, Barcelona e Roma. O investimento pode varar de U$ 1.700 a U$ 2.000, dependendo do roteiro de viagem.

Para quem pretende investir um pouco menos, as alternativas são os cruzeiros pela costa brasileira. Um pacote que inclui um roteiro passando pelas cidades do Rio de Janeiro, Ilha Bela e Ilha Grande, por exemplo, sai a U$ 349, para três noites. Um cruzeiro de oito noites para Buenos Aires e Ponta De Leste varia de U$ 999 a U$ 1879.

Segundo a sócia-proprietária de uma agência da cidade, Georgina Rosa de Oliveira, quem não se planejou com antecedência pode não conseguir fechar pacotes para o réveillon deste ano e para os meses de janeiro e de fevereiro de 2010. Georgina aponta que a maior dificuldade é agendar viagens em cima da hora e encontrar horários de voos e vagas em hotéis. "Muita gente deixa para procurar as agências em cima da hora. Nesse caso, os preços são mais caros e o cliente acaba não conseguindo escolher bons hotéis e os roteiros desejados." Para ela, o ideal é que a viagem seja agendada com pelo menos três meses de antecedência. Assim, é possível conseguir descontos, promoções, melhores preços e condições de pagamento.

Georgina destaca a importância do papel do consultor de viagens na hora de fechar o contrato. "O agente de viagem estuda, está sempre conhecendo novos hotéis e tem condições de orientar os consumidores. Há uma garantia dos serviços oferecidos. Além disso, se o cliente tiver algum problema durante a viagem ele sabe que tem alguém para ajudá-lo.

Antes de fechar o pacote
  • Peça indicações da empresa aos amigos e faça uma pesquisa para saber se a agência é regularizada ou tem muitas reclamações;

  •  Peça para assinar um contrato, leia-o com atenção e não deixe espaços em branco;

  • Não aceite regras que permitam a mudança de itens do pacote, como hotéis e passeios;

  • Cheque todas as informações, inclusive multas em caso de desistência.

  • Não se esqueça de guardar os comprovantes de pagamento e todos os panfletos, que podem servir de prova em uma eventual ação judicial.

    Fonte: Pró-Teste

Movimento supera 2008

As agências de turismo de Juiz de Fora já estão comemorando o aumento pela procura por pacotes de viagens nacionais e internacionais neste fim de ano. De acordo com Georgina, o movimento no setor de turismo é superior ao de 2008. Ela diz que o fechamento de pacotes está 40% superior ao mesmo período do ano passado. Além da crise econômica, ela ressalta que a gripe suína também prejudicou o setor, principalmente em relação aos pacotes para destinos com alerta de epidemia. "Muita gente chegou a cancelar a viagem e outras pessoas optaram pelo adiamento. O auge da gripe foi justamente no período em que vendemos mais pacotes para destinos como Bariloche e Buenos Aires."

 

Os preços foram fornecidos em dezembro de 2009
Os textos são revisados por Madalena Fernandes

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.