• Assinantes
  • Autenticação
  • Turismo
    Terça-feira, 16 de junho de 2020, atualizada às 16h20

    Parque Estadual da Serra do Brigadeiro ganha cadeira de rodas adaptada para trilhas

    Angeliza Lopes
    Repórter

    Mais uma reserva ambiental, situada na Zona da Mata mineira, se tornou mais acessível para  turistas com mobilidade reduzida. No Dia Mundial do Meio Ambiente, celebrado no último dia 5 de junho, o Parque Estadual da Serra do Brigadeiro recebeu a doação da cadeira de rodas adaptada para trilhas, chamada 'julliet', feita pela Associação Regional de Proteção Ambiental (ARPA) de Ubá. Em janeiro deste ano, o Parque Estadual do Ibitipoca foi a primeira unidade estadual da região a receber as cadeiras.  

    O presidente da ARPA Ubá, Heverton Marques, conta que toda a história começou quando a associação desenvolveu um programa de inclusão socioambiental voltado para pessoas com pouco acesso aos parques, principalmente, amantes do ecoturismo com algum tipo de deficiência. “Financiamos um passeio educacional com viés ambiental para os alunos da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) do município de Tocantins, assim, levamos a turma para Ibitipoca. Um dos participantes era cadeirante e estava com dificuldade em ter acesso a alguns locais e trilhas”.

    Logo depois da visita, a gerente do Parque de Ibitipoca fez um jantar beneficente com empresários e arrecadou recursos para comprar a cadeira. “A nossa visita estimulou a gerência a melhorar o acesso para os visitantes com dificuldades de locomoção”, detalhou Marques.

    Como corrente do bem, a ação incentivou a ARPA a escolher uma nova unidade de conservação para doar outra unidade da ‘julliet’. Com finalidade de desenvolver projetos de proteção ambiental e socioambiental em toda a região, com apoio do Ministério Público, a instituição optou pelo Parque da Serra do Brigadeiro, que está dentro da área de atuação da associação. A unidade, com área de 14.984 ha, tem como municípios de abrangência: Araponga, Divino, Ervália, Fervedouro, Miradouro, Muriaé, Pedra Bonita, Sericita.

    Agendamentos

    A gerente do Parque do Brigadeiro, Rose Belcavelo, explica que ainda serão definidas as trilhas por onde a ‘julliet’ poderá passar com o turista. “A princípio haverá capacitação para os servidores conduzirem a cadeira”. Os agendamentos para as visitas ainda estão suspensos, já que o parque permanece fechado, por tempo indeterminado, devido a pandemia do novo coronavírus. As informações sobre o parque e retorno do funcionamento podem ser acompanhadas pela página no Instagram (@pebrigadeirooficial).

    Após a normalização das atividades, o visitante poderá agendar a visita pelo telefone (32) 3721-7491 ou e-mail pebrigadeiro@meioambiente.mg.gov.br, de terça a domingo, de 8h às 12h e de 13h às 17h.

    As duas portarias da sede Administrativa estão localizadas nas cidades de Araponga e Fervedouro.

    Cadeiras Jullietis

    Batizadas de juliettis, as cadeiras foram elaboradas pelo casal Guilherme Simões e Juliana Tozzi, através do projeto Montanha para todos.

    O modelo conta com uma roda central, o que permite a cadeira acessar locais mais acidentados. Duas pessoas devem conduzi-la pelos dois puxadores das extremidades. A pessoa com dificuldade de locomoção fica sentada em um banco; segura por um cinto.

    A ideia deste projeto surgiu após Juliana Tozzi desenvolver uma rara doença, durante o período de gestação do bebê do casal, quando ela perdeu a coordenação dos movimentos e, consequentemente, afastou os dois das montanhas e natureza que tanto amavam.

    Diante da situação, Guilherme começou a pesquisar o que poderia ser feito para que a esposa retorna-se aos esportes. Assim, nasceu o protótipo da cadeira para trilhas permitindo que voltassem para o montanhismo. A partir do modelo, o casal quis ampliar o acesso à cadeira através do projeto e tornar o esporte mais inclusivo, em todo o país.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.