Parque do Museu Mariano Procópio reabre parcialmente no feriado

A cerimônia de reabertura acontece às 9h, com a presença da prefeita Margarida Salomão

da Redação - 07/10/2021

O parque do Museu Mariano Procópio, um dos mais tradicionais espaços de lazer e práticas esportivas de Juiz de Fora, será parcialmente reaberto na próxima terça-feira, 12, feriado de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças. O funcionamento acontecerá de terça a domingo, das 8h às 17h para o público amplo. Já os membros do Clube da Caminhada terão acesso ao local a partir das 6h, nos mesmos dias da semana. A cerimônia de reabertura acontece às 9h, com a presença da prefeita Margarida Salomão. 

Para a retomada do funcionamento de forma segura, um protocolo especial foi criado pela Prefeitura de Juiz de Fora, que é responsável pela gestão do equipamento cultural, por meio da Fundação Museu Mariano Procópio (Mapro). No caso de pessoas com idade igual ou superior a 12 anos, o acesso só será liberado mediante apresentação de carteira de vacinação ou do aplicativo ConectSUS, que comprove a aplicação da primeira, segunda ou terceira doses contra o coronavírus, seguindo o calendário de cada faixa etária no município.

As normas sanitárias incluem ainda aferição de temperatura na entrada do parque, uso de máscara durante todo o período de permanência no local, distanciamento mínimo de um metro e meio entre as pessoas, uso de álcool em gel e lotação máxima de 200 visitantes por vez, com controle por meio de porteiro e catracas. Não é necessário agendar a visitação, e o tempo médio de permanência recomendado é de duas horas. Eventos de qualquer natureza, ensaios fotográficos e uso dos parquinhos infantis ainda não foram liberados. Os bebedouros só poderão ser utilizados para encher copos e garrafas, que deverão ser levados pelos visitantes, sendo vetados os jatos de boca.

O parque do Museu Mariano Procópio teve as visitações suspensas em março de 2020, devido à pandemia de Covid-19 e, desde janeiro, vem passando por uma série de intervenções estruturais. Sua reabertura sempre foi uma prioridade para a atual gestão que entende o espaço como um patrimônio das cidadãs e dos cidadãos de Juiz de Fora, além de ser um importante atrativo turístico, devendo, portanto, ser usufruído por todas e todos, dentro de condições adequadas de segurança e conforto.

Inaugurado em 1861, com projeto atribuído ao francês Auguste Glaziou, o parque do Museu Mariano Procópio é muito procurado por quem busca momentos de lazer ao ar livre e para a prática de caminhadas. Desde 2015, o conjunto paisagístico é tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Além do lago, a área possui um bosque com plantas da Mata Atlântica, incluindo o Pau-Brasil, que está em extinção, e espécies exóticas. Entre as árvores de grande porte, estão os jatobás e as belas sapucaias, plantadas por Mariano Procópio. Também destacam-se espécies frutíferas, como as jaqueiras, as jabuticabeiras e o coco Mariano, que alimentam a fauna composta principalmente por aves: jacus, sabiás, tucanos, saíras sete cores e sanhaço azul, entre outras.

No parque, os visitantes também podem apreciar elementos artísticos, como esculturas, estátuas de mármore, muretas, bustos, escadarias e monumentos de grande beleza.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.