• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Leitura na era da tecnologia Conheça algumas bibliotecas de Juiz de Fora

    Renata Cristina
    Repórter
    28/02/2007

    Pode parecer desatualizado falar de bibliotecas em plena era tecnológica. No entanto, para os estudantes Ana Paula Andrade Fialho e Victor Costa Barbosa (foto) o livro ainda faz parte da rotina de pesquisas e atividades escolares.

    Mesmo recorrendo à internet na maioria dos casos, os estudantes também procuram os impressos para complementarem seus trabalhos. No momento desta entrevista, eles estavam na Biblioteca Municipal Murilo Mendes à procura de informações para uma pesquisa de língua portuguesa. "Temos que vasculhar em diversos lugares", diz Ana Paula.

    Para Victor, a internet oferece inúmeras facilidades, como a variedade de informações, porém não pode ser comparada ao livro. "Há uma diferença entre os dois. Mas, em geral, quando tenho tempo, procuro vir à biblioteca", declara.

    Pelo visto, o comportamento dos estudantes revela não somente um perfil, mas de diversos juizforanos, das mais diferentes faixas etárias e classes sociais, que procuram as salas de leitura da cidade. Só na Biblioteca Municipal são recebidas, diariamente, cerca de 400 pessoas em busca de periódicos, livros para pesquisa, além de literatura infantil e romances. Os números saltam para 12 mil visitantes, em cálculos mensais aproximados.

    Foto de uma mesa de estudos Foto de uma estante de livros Foto de livros em uma estante

    "No setor de referência da Municipal, cerca de 90% das visitas são feitas por estudantes", afirma a auxiliar de biblioteca Ivete de Lima Bastos. Neste local, livros para direcionamento de pesquisas, como enciclopédias, dicionários e impressos da categoria, são consultados em mesas individuais e coletivas. Em épocas de intensa atividade escolar, Ivete revela que recebe de 10 a 20 grupos procurando informações sobre o mesmo assunto.

    A auxiliar de biblioteca, Regina Bonfatti (foto), já trabalhou em dois cenários distintos de leitura. Em um deles, assessorava o público em pesquisas virtuais e, no posto atual, orienta os visitantes no setor de empréstimo da Municipal.

    "A função da biblioteca pública na comunidade é a iniciação científica, o lazer e o entretenimento. Como um país sub-desenvolvido e repleto de carências, o Brasil ainda vai demorar a alcançar um patamar em que a internet concorra com os livros", analisa.

    Anote o endereço de algumas bibliotecas em JF
  • Biblioteca Municipal Murilo Mendes
  • Endereço: Avenida Getúlio Vargas, 200 - Centro - Juiz de Fora - MG - CEP: 36010-110
    Telefone: (32)3690-7049

  • Biblioteca Central da UFJF
  • Endereço: Campus Universitário, S/N - Martelos - Juiz de Fora - MG - CEP: 36001-970
    Telefone: (32) 3229-3970

  • Biblioteca do Museu de Arte Moderna Murilo Mendes
  • Endereço: Rua Benjamin Constant
    Telefone: (32) 3229-9070 e 3229-7624

  • Biblioteca do Seminário Arquidiocesano Santo Antônio
  • Endereço: Avenida Barão do Rio Branco, 4516 - Boa Vista - Juiz de Fora - MG - CEP: 36026-500
    Telefone: (32) 3234-2600

  • Biblioteca do SESI
  • Endereço: Avenida Barão do Rio Branco, 2572 - Centro - Juiz de Fora - MG - CEP: 36010-011.
    Telefone: (32)3239-2200

  • Biblioteca do Redentorista da Igreja da Glória
  • Endereço: Avenida Andradas, 855 - Centro - Juiz de Fora - MG - CEP: 36036-000
    Telefone: (32) 3215-1831

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.