• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura

    Começa o 13º Festival Internacional de Coros de JF Corais de todo o mundo se apresentam de graça
    em Juiz de Fora e região durante a semana do evento


    Thiago Werneck
    Repórter
    24/09/2007

    Cultura ao alcance de todos. Essa é a principal proposta do 13º Festival Internacional de Coros de Juiz de Fora que começou nessa segunda-feira, dia 24 de setembro. Ao todo são 20 corais que se apresentam durante toda a semana na cidade e em toda região, com entrada gratuita para o público.

    No evento, Juiz de Fora recebe um coral da Itália e Venezuela, dois da Argentina e seis de outras cidades do Brasil. Junto a eles, 11 coros juizforanos realizam 71 concertos até o próximo sábado, dia 29 de setembro.

    As cidades da região que recebem apresentações durante a semana são Matias Barbosa, Argirita, Maripá, Guarará, Bicas e Senador Cortes. Em Juiz de Fora haverá apresentação em diversos bairros da cidade ( confira).

    O sábado, dia 29 de setembro, ganha destaque com a noite de gala no Cine-Theatro Central. Dos 20 coros, 19 se apresentam para o público na festa de encerramento do festival. Para o maestro do Coro de La Faculdad de Filosofia e Letras da Argentina, Gonzalo Villalba (foto abaixo) uma oportunidade única de se conquistar experiência. "É a primeira vez que nos apresentamos fora de nosso país. É muito bom e responsabilidade grande representar a Argentina", destaca.

    Fotos do Maestro argentino Gonzalo Villalba A expectativa é de que cerca de 20 a 30 mil pessoas acompanhem as apresentações. Segundo o maestro organizador do evento, Domício Procópio (foto abaixo), se houvesse mais espaço na mídia, o público seria maior. "Temos uma dificuldade de recursos para divulgar o evento e isso faz com que menos pessoas fiquem sabendo das apresentações. Esse trabalho de divulgação tem valor igual a tudo que gastamos com a organização e estrutura do festival.", destaca.

    A falta de verba para popularizar o projeto, faz com que ele seja mais conhecido no exterior do que no Brasil. "O Festival Internacional de Coros de Juiz de Fora já está no calendário de eventos de música nos Estados Unidos e na Europa. Aqui no Brasil não é tão reconhecido, pela falta desse trabalho de divulgação", explica Domício.

    Ao longo das outras 12 edições o Festival já teve a participação de corais do Japão, Egito, Chipre, Eslováquia, Estados Unidos, Uruguai, Chile, Colômbia e de mais de dez estados brasileiros. "Queremos um dia poder falar que todos os países do mundo já estiveram em nosso festival. Aos poucos vamos trazendo representantes de novas nações. Esse ano foi a Venezuela que veio pela primeira vez", conta Domício.

    Foto do maestro Domício Para Domício, o evento traz a oportunidade de difundir cultura e arte para toda a cidade. "Nossa idéia surgiu depois de participamos do Festival Internazionale dei Cori, na Itália. De lá buscarmos um intercâmbios de corais por todo o Mundo", explica.

    Os organizadores arcam com custo de toda hospedagem e estrutura oferecida aos corais que vêm de fora. Os gastos são cobertos com apoio empresarial e da prefeitura. O trabalho é realizado pela Associação Artística e Cultural Coro Municipal Juiz de Fora e não tem fins lucrativos.

    O Festival Internacional de Coros de Juiz de Fora é evento oficial da cidade, desde de 1998. Os eventos acontecem em escolas, universidades, igrejas, associações de moradores, fábricas, centro culturais, shoppings, ruas e praças. Veja a programação completa do 13º Festival Internacional de Coros em Juiz de Fora .

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.