• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura gif do xiis para linkar para as fotos

    Tonico Pereira Ator se apresenta na cidade com a peça "A Ratoeira" e fala sobre Ágatha Christie, dramaturgia e sobre os atores juizforanos Pablo Sanábio e Moacyr Siqueira

    Fernanda Leonel
    Repórter
    13/01/2007

    Ele parece estar mesmo predestinado a fazer todo mundo rir. Tonico Pereira, ator lembrado atualmente pela grande maioria das pessoas pelo marcante papel na TV como o Mendonça da série "A Grande Família", é piada em pessoa.

    Até mesmo quando, de passagem por Juiz de Fora, encenou o misterioso Sr. Parvicinii, na peça "A Ratoeira , muita gente não conseguiu segurar a gargalhada. Durante sua atuação, no último final de semana, no Cine-Theatro Central, ele foi um dos destaques da peça de autoria da conhecida Dama do Crime, a escritora Agatha Chistie.

    Como mesmo destacou o ator, a história da peça que ele encenou é muito interessante e enche de orgulho qualquer pessoa ligada ao campo da dramaturgia. Tanto orgulho tem justificativa: A Ratoeira, que esteve na cidade é a peça que mais tempo está em cartaz no mundo, sem interrupção.

    Reza a lenda, confirmada por Tonico, que pouco antes da estréia de "A ratoeira", em Londres, o primeiro produtor disse à Ágatha Chistie que acreditava que o texto dela ficaria em cartaz durante 14 meses. Mais modesta, Ágatha julgou que oito meses já estariam de bom tamanho.

    Mas ambos estavam completamente equivocados: a peça estreou em 1952 e ainda está em cartaz em Londres. "São 54 anos em palcos. Quantos atores não devem ter sido o Sr. Parvicinii? Me orgulha participar da última versão brasileira", completou Tonico.

    Para o veterano da dramaturgia, a perspicácia da autora que possui uma inteligência "devastadora" para criar tramas policias é a principal razão do sucesso da interpretação do texto de Chistie mais popular em todo o mundo.

    A apresentação em Juiz de Fora foi a primeira da turnê nacional. Isso porque, os atores Pablo Sanábio e Moacyr Siqueira, também integrantes do cast da peça, são filhos da terra. "São meninos muito talentosos, tem um futuro brilhante pela frente", opinou Tonico, ao falar de seus companheiros de cena.

    Tonico também destacou o que ele chamou de multiplicidade de talentos dos atores juizforanos. Para ele, tanto Moacyr Siqueira quanto Pablo Sanábio são completos porque "fazem bem tudo que pegam pra fazer". Essa afirmação de "tudo", está relacionada com o fato dos meninos de JF, além de participarem como atores da "A Ratoeira" também assinarem a produção.

    "A produção deles é ótima. Eu, por exemplo, que tenho anos e anos de estrada, nunca fiz isso. Não sei pedir dinheiro. Sou um ator de aluguel e, portanto, sem projetos. Os espetáculos me sustentam. Costumo agregar a qualidade às minhas necessidades", afirmou em tom de gargalhada.

    O ator comenta que gostou muito do Cine Theatro-Central e que ficou encantado com a arquitetura do lugar. "Só precisavam de um ar condicionado, saía muito cansado de tanto calor", deixou de sugestão, alegando que o Teatro Municipal do Rio também tem, arquitetura antiga e que mesmo assim eles conseguiram adaptar aparelhos de condicionamento de ar por lá.

    Tonico já esteve na cidade, há oito anos, participando de um espetáculo de rua. Ele foi um dos atores de um auto de natal, encenado para o público em geral. "A impressão do público já foi boa naquela época. Agora é melhor ainda. Deram muita risada enquanto eu encenava, e cá entre nós, eu adoro isso", completou.

    Sobre sua atuação nas mais diversas áreas (Tonico já participou de mais de 35 filmes nacionais), o ator comentou que há espaço para cada arte no seu coração. Como ele mesmo afirmou, o teatro tem um charme especial em razão do feed-back instantâneo do público, mas ele aprendeu amar igual o seu trabalho em qualquer "palco", seja ele de teatro, de película ou digital.

    Atualmente, além de toda quinta-feira estar nas telinhas das casas como o divertido Mendonça de "A grande família", Tonico Pereira também integra a minissérie "Amazonia: de Galvez a Chico Mendes". "Estou me desdobrando, mas Ágatha Chistie merece", resume.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.