• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura gif do xiis para linkar para as fotos

    Érika Martins Ex-vocalista da banda Penélope, mostra seu trabalho solo com os Telecats e, em breve, pretende lançar CD em JF


    Renata Cristina
    Repórter
    09/02/2007

    Rock alternativo e batidas eletrizantes. A cantora Érika Martins passou por Juiz de Fora e deixou marcas de um novo trabalho que tem previsão para ser lançado ainda em abril deste ano, com uma festa de arromba no Rio de Janeiro.

    A ex-vocalista da banda Penélope Charmosa fez carreira durante nove anos como cabeça do grupo e ficou conhecida em todo o país. Roupas caricaturais, músicas com letras que retratavam o cotidiano da juventude eram alguns dos ingredientes que davam originalidade à banda.

    Em 1997, o grupo foi descoberto pela Sony Music durante o Abril Pro Rock. Com a gravadora, os marmanjos foram levados a "adaptações", deixando de lado as letras em inglês e gravando um disco de covers, para se tornarem mais populares. Daí, vieram discos como "Mi Casa Sua Casa", em 1999, e "Bungavília", em 2001. O primeiro teve as faixas "Holiday" e "Namorinho de Portão" como as mais tocadas nas rádios brasileiras.

    Com o trabalho "Rock Meu Amor", lançado pela Som Livre, a cantora regravou rocks românticos das décadas de 1950 a 2000, alguns de sua autoria e outros de intérpretes e compositores de sucesso, como foi o caso de "Tudo com Você", de Lulu Santos. A canção "Continue Pensando Assim", composta por Érika e Luisão também fez sucesso de público e crítica.

    A voz que encantou o mundo rock se tornou ainda mais conhecida em uma parceria com a banda "Raimundos", em que Érika cantava o refrão "Por favor, seu locutor, ao menos uma vez, melhor se fossem três, toca o nosso som aí que tu me faz feliz. Se não tocar eu quebro o seu nariz".

    Érika Martins em show no Cultural Érika Martins em show no Cultural

    Amadurecida, Érika diz que sentiu necessidade de seguir um caminho único, que não fazia mais parte dos objetivos da Penélope. "Na época, éramos mais adolescentes. Estou em uma outra fase". Por esse motivo, a cantora se juntou aos Telecats, responsáveis pelos hits de seu primeiro trabalho solo. O grupo é formado pelo guitarrista Bjørn Hovland, da banda carioca de surf music Go!, a baixista gaúcha Carla Kieling, e o baterista Márcio Ribeiro, do Rivets.

    Mesmo sem o lançamento do disco, a turma está rodando pelo país apresentando algumas composições como "Sacarina", escrita por Pedro Veríssimo, filho de Luís Fernando Veríssimo. "Sou super fã do Pedro e acredito que em 'Sacarina' ele captou muito bem o universo feminino", confirma Érika. A estreante do CD foi "Me provocar", primeira a ser escrita por Érika e também a ser gravada, com produção de Tom Capone.

    "Comparando com meus outros discos, este é o mais maduro. Trabalhei minha voz e forcei mais os agudos. O grande barato da vida é crescer, é melhorar a cada dia", revela Érika. Outra música chave que promete arrebentar nas paradas de sucesso é "Lento", composta pela mexicana Julieta Venegas, reconhecida no mercado latino-americano.

    Érika Martins em show no Cultural Érika Martins em show no Cultural

    O novo disco sai com o selo "Toca Discos", em parceria com a Universal. A produção é de Carlos Eduardo Miranda, que já produziu os Raimundos, Constança e tem co-produção assinada por Tomás Baptista. "Quero muito fazer o lançamento na nova casa do Cultural. Em breve, estaremos por aí", garante Érika Martins. Que venham os próximos sucessos!

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.