• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura gif do xiis para linkar para as fotos

    Luxúria Banda Luxúria lançou seu primeiro CD em 2006 e já tem dois clips de sucesso em canais televisivos. No show em JF, as letras estavam na ponta da língua

    Sílvia Zoche
    Repórter
    10/03/2007

    Os fãs foram chegando, formando fila, procurando os melhores lugares para assistir a banda Luxúria, que lançaram o CD de mesmo nome em 2006. Desde então, saem pelo Brasil divulgando o trabalho.

    No dia 10 de março, eles aterrissaram em Juiz de Fora pela primeira vez. Os integrantes se misturaram à galera, sentiram a vibração do público e subiram ao palco, por volta de 1h30 da manhã.

    Raphael Almeida (bateria), Pedro Nogueira (guitarra), Luciano Dragão (baixo) e Meg Stock (vocalista) mostraram seu estilo ao vivo e fizeram as estruturas do Muzik tremerem com seu som pesado, que se mistura a algumas letras românticas e de desabafo do álbum de onze músicas. Destas, somente uma não tem a participação de Meg.

    Para saber um pouco mais sobre o grupo, confira a entrevista com Meg Stock, que fala sobre a abertura no show do Evanescence, os projetos... Confira!

    ACESSA.com - Antes, a banda se chamava Boneca Inflável, agora Luxúria. Quando e onde começou o Boneca Inflável e quando surgiu o Luxúria?

    Meg Stock - O Boneca começou a cinco anos na cidade de São José dos Campos, interior de São Paulo. Fazíamos versões de músicas pop dos anos 80 mesclado com um repertório de músicas próprias. O nome Luxúria veio como uma adaptação para melhor estampar o caminho que a banda estava tomando quando decidimos fugir de vez das versões e nos concentrarmos mais em nossas composições.

    ACESSA.com - O estilo do Luxúria mudou muito do Boneca?

    Meg Stock - Na verdade não... Muitas das composições que estão no nosso disco já existiam quando éramos Boneca. Demos uma roupagem diferente para algumas músicas, mas a essência continuou a mesma. Luxúria e Boneca se completam (risos).

    ACESSA.com - Como aconteceu o encontro dos integrantes?

    Meg Stock - Éramos todos amigos, da mesma cidade.

    ACESSA.com - A troca de integrantes é até comum em bandas. No Luxúria aconteceu, em dois momentos, não é isso? Abalou, de alguma forma, os integrantes que ficaram?

    Meg Stock - Posso dizer que o Lux existia até antes do Boneca, quando éramos o Roda Gigante. O Dragon e eu sempre estivemos juntos, e durante esse período passaram alguns integrantes pela banda. A formação que estamos hoje nos agrada muito. Com certeza é a mais Rock n'roll de todas elas!!!

    ACESSA.com - Como foi o trabalho do Luxúria até entrar no cenário nacional?

    foto da banda Meg Stock - Como o de todas as bandas. Tentar encontrar a sua música, gravar um CD independente e cair na estrada pelos becos imundos (risos). Não existe outro caminho. E pode acreditar que essa escola é muito importante na formação da personalidade da banda.

    ACESSA.com - Como vocês designam o som da banda? Pop rock, punk...?

    Meg Stock - Somos Rock n'roll . Não nos prendemos a seguimento nenhum. Gostamos da boa música independente do seu estilo.

    ACESSA.com - Que estilos influenciam o Luxúria, atualmente? O que já influenciou, mas você não escutam mais?

    Meg Stock - Ouvimos muita música brasileira, como Chico, Marisa Monte, Elis... clássicos do Punk rock como Ramones, Dead Kenedys, Toy Dolls, e "atualidades", Muse, Foo fighters, Qotsa...

    ACESSA.com - As letras são um misto de romantismo com uma levada mais pesada. Qual é a intenção do Luxúria com suas músicas?

    Meg Stock - Nos agradar em primeiro lugar. Cada artista tem sua arte peculiar como forma de expressão. Seria, na verdade, uma forma de desabafo também.

    ACESSA.com - Das onze músicas do CD Luxúria, somente uma não tem sua participação. Compor é algo nato ou tornou-se algo mais recorrente com o passar do tempo?

    Meg Stock - Algo nato sim. Sempre escrevi, mesmo antes de "cantar" profissionalmente e, com o certeza, com o passar do tempo isso foi ficando mais natural e espontâneo.

    ACESSA.com - Você, Meg, é conhecida por ser uma vocalista performática. Ter sido bailarina influenciou de alguma forma?

    Meg Stock - Fato que sim. Música e dança são inerentes. E, de certa forma, eu acabo "cantando" com o corpo também (risos).

    ACESSA.com - Pode-se dizer que a sensualidade é uma de suas marcas a frente do Luxúria. O que você acha sobre isso?

    Meg Stock - Eu não tenho a intenção de fazer nenhuma apologia ao sexo. Acredito que a performance também traga elementos interessantes como a sensualidade e, no fim, tudo está ligado a minha escola como bailarina.

    Foto da Meg Foto da Meg

    ACESSA.com - O seu visual é, de certa forma, a "cara" da banda. O que influencia suas mudanças (cabelo, roupas...)?

    Meg Stock - Gosto muito de misturar o retrô com o moderno.

    ACESSA.com - O Luxúria participa de grandes festivais de rock, têm videoclipes em exibição, música na Malhação, foi disputada por gravadoras no início de 2006... O Luxúria já atingiu o sucesso?

    Meg Stock - Depende de como você vê o sucesso. Sucesso pra gente é manter-se vivo fazendo rock n'roll num país que não tem muito espaço e nem cultura para o nosso estilo musical.

    ACESSA.com - É verdade que vocês vão abrir os shows da tour do Evanescence no Brasil, em abril?

    Meg Stock - Grandes possibilidades sim. Mas só afirmaremos quando estivermos com a parte burocrática viabilizada (risos).

    ACESSA.com - Abrir shows de outras bandas, como o da Pitty e do Evanescence, gera comparações?

    Meg Stock - Muito pelo contrário. Se existe algum tipo de comparação ela termina no palco. São bandas com vocais feminínos, mas de estilos completamente diferentes.

    Foto de dois integrantes da banda Foto de dois integrantes da banda

    ACESSA.com - E quais são os próximos projetos do Luxúria?

    Meg Stock - Estamos começando a pensar num próximo disco. Acredito que o primeiro passo agora será fazer uma pré-produção com algumas músicas para experimentarmos novos elementos. Mas ainda temos muita lenha pra queimar com esse disco...

    ACESSA.com - Os fãs podem esperar algum novo lançamento?

    Meg Stock - Essa semana estreou nosso novo clip Lama, no Multishow, no TVz.

    ACESSA.com - Deixe um recado para os internautas da ACESSA.com e para o pessoal que assistiu ao show de vocês em Juiz de Fora.

    Meg Stock - Ae, galera... Obrigada a todos vocês que acompanham o nosso trabalho, e em retribuição a todo esse carinho, podem esperar um dos melhores shows de rock desse país. Abraço para todos !!!

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.